23/07/2021 às 10h13min - Atualizada em 23/07/2021 às 16h16min

Pandemia acelerou os casamentos sustentáveis mundo afora, segundo pesquisa

Pesquisa aponta as tendências favoritas dos noivos que planejam seu casamento para 2021-2022 no mundo inteiro. A sustentabilidade está em primeiro lugar.

DINO
http://casamentos.com.br


O difícil trabalho de apontar tendências se torna ainda mais complexo em um contexto profundamente afetado pela pandemia global. O site especialista do setor nupcial Casamentos.com.br realizou uma extensa pesquisa com 6.585 casais e fornecedores da indústria de casamentos para apontar as tendências favoritas dos noivos que planejam seu casamento para 2021-2022. O site, que contém um dos diretórios de fornecedores mais extenso do país, é parte do grupo internacional The Knot Worldwide, presente em mais de 16 países. 

A pesquisa foi realizada com a colaboração de 39 organizadores de casamentos, chamados wedding planners, dos 5 principais mercados: Brasil, México, Espanha, Itália e França. Dentre as mudanças mais aparentes, nota-se o aumento da preocupação com a sustentabilidade do evento. Os profissionais do setor, principalmente os wedding planners, vêm anunciando há anos que os casamentos são organizados cada vez mais com os aspectos ambientais em mente. Agora os casais sabem disso e querem que o grande evento seja o mais sustentável possível.

Lembrancinhas solidárias, flores preservadas, roupas confortáveis e comida local. 1 em 4 casais prioriza alimentos orgânicos e com baixa pegada de carbono e 55% dos casais querem fazer com que os convidados sintam que estão celebrando o amor em plena natureza.

É possível fazer uma correlação entre o novo contexto e condições impostos pela pandemia e a adoção de uma visão mais consciente e sustentável. Segundo a associação ABRAFESTA, para os próximos dois anos são animadores, uma vez que 99% dos casamentos durante a pandemia foram adiados e há expectativas de aquecimento.

O papel da pandemia na mudança
O distanciamento social, sendo o principal impeditivo para a realização de qualquer evento, empurrou os casamentos para fora de igrejas e buffets, priorizando espaços amplos e ao ar livre, com boa circulação de ar. Ao estar fora, a decoração foi naturalmente sendo direcionada a escolhas mais respeitosas e adequadas ao entorno da natureza.

Menos flores naturais e maior uso de flores preservadas, lembrancinhas artesanais ou solidárias, veículos ecológicos, dress codes mais confortáveis, tecidos naturais, comida local com alimentos orgânicos e baixa pegada de carbono. Aos poucos, o simples fato de estar pisando na grama e olhando as estrelas termina influenciando uma série de outras decisões que estariam fora do planejamento original.

Plantas naturais, céus estrelados
A natureza florescerá em cada canto no espaço do casamento e isso porque a decoração estará inspirada mais do que nunca no natural. Independentemente do espaço escolhido, segundo a pesquisa de Casamentos.com.br, para 55% dos casais é importante fazer com que os convidados sintam que estão celebrando o amor em plena natureza, mesmo em casamentos celebrados em ambientes internos. Terão um papel importante as plantas vivas, as árvores e as flores preservadas. Incluir plantas naturais em vasos na decoração se tornou a opção favorita de decoração com flores para mais da metade dos casais em diferentes partes do mundo.

Ainda sobre elementos decorativos que recriam espaços de natureza, outra tendência que já pode ser definida como um clássico de casamentos e aparecerá mais em 2021 e 2022 são os céus estrelados. Essa foi a escolha preferida de um em cada três casais (34%) realizada pelo site.

Um dia é muito pouco
Reunir pessoas nunca foi tão complexo, por isso os casamentos aos finais de semana terão um grande impacto nos próximos anos. Em países como a França, essa tendência já começa a surgir com grande força e mais de 44% dos casais a priorizam no seu grande dia. Um ano de preparação é muito tempo para que passe tão rápido. Os casais querem aproveitar mais e oferecer mais tempo de convivência com a família e amigos.

Buquês menores, vestidos mais simples
Flores preservadas no buquê, tal como foram vistas em casamentos este ano, serão a escolha de mais de 30% das noivas. Estas flores, aparentemente vivas, passaram por um tratamento para durar no tempo. Não precisam de água e são uma opção muito mais ecológica do que as flores artificiais. Isso as torna as rainhas de muitos casamentos, não só para os buquês, mas também para as coroas em penteados e centros de mesa.

Além disso, o Petit Bouquet (pequeno buquê) está de volta. Depois de alguns anos vendo grandes composições florais e buquês em cascata em casamentos, as noivas mais inovadoras já começam a optar por arranjos menores. Na França e México, os pequenos buquês são opções para 40% das noivas.

Quanto aos vestidos, as noivas buscam cada vez mais conforto e simplicidade e apostam por tecidos leves. Esta é a tendência favorita de 32,50% das noivas no Brasil. Calças e macacões também entram como boas opções. Afinal, não dá para comemorar 48 horas em um vestido com véu e grinalda.

Um dos principais ensinamentos da pandemia é a importância de celebrar a vida com quem se ama sempre que possível. Estas são algumas das mudanças visíveis nesta direção, e elas representam uma prévia das tendências para 2022, que começaremos a mapear nos meses de outubro e novembro.

O relatório completo pode ser visto clicando aqui

 

 

 



Website: http://casamentos.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp