11/11/2021 às 18h03min - Atualizada em 11/11/2021 às 18h03min

Campos: Gavião-carijó capturado pelo GAM é solto no Morro do Itaoca

- Redação
O Grupamento Ambiental (GAM), da Guarda Civil Municipal (GCM), devolveu à natureza, nesta quinta-feira (11), um Gavião-carijó, cujo nome científico é Rupornis magnirostris ou Buteo magnirostris. O animal foi capturado no Parque São Caetano e solto no Morro do Itaoca. O Gavião-carijó é uma ave de rapina, nome que se dá a centenas de espécies de aves carnívoras, como os gaviões, as águias e os falcões. Se alimenta de artrópodes (mariposas, cigarras), pequenos répteis, aves e roedores. 
 
“Como é uma espécie carnívora, é predadora de galinhas e ataca ninhos de pássaros. É o gavião mais abundante do Brasil, podendo viver em metrópoles, se forem arborizadas. Tem importante papel de controle populacional de aves e pequenos roedores, como os ratos”, explica o coordenador do GAM, Ronildo Almeida. 
 
O gavião-carijó também é conhecido pelos nomes de anajé, gavião-indaié, inajé, ripino, indaié, gavião-pega-pinto e pega-pinto. É um gavião da família dos acipitrídeos, encontrado em diferentes ambientes, ocorrendo do México à Argentina e em todo o Brasil. O GAM pode ser acionado através dos telefones 153, (22) 98175-0785 ou (22) 98175-0758.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp