04/07/2019 às 02h08min - Atualizada em 04/07/2019 às 02h08min

Volta as tuas origens planície goytacá!

O índio goytacá é nosso primeiro exemplo

Erica Viana
Supcom

Os índios Goytacazes foram os primeiros habitantes da nossa planície, eram altos, excelentes nadadores e apesar de canibais, comiam apenas carnes de humanos pelos quais nutriam algum tipo de admiração, ou seja, os portugueses não corriam tanto perigo quanto temiam, visto que não eram considerados dignos do ato.

Ao contrário de como é cantado na música "Índios" de Legião Urbana, se os portugueses nos deram espelhos, nossos bravos Goytacazes não se entregaram por presentes e foram resistentes na defesa da sua propriedade.

Devido a essa valentia foram dizimados numa verdadeira guerra biológica, uma vez que os portugueses valeram-se de espalhar roupas contaminadas com doenças típicas da Europa, sobre as quais, os índios não haviam desenvolvido imunidade. Nessa perspectiva podemos afirmar que o o solo da nossa planície é marcado pelo sangue da honradez de povos indígenas que não aceitaram a corrupção e nem o domínio de invasores. 

E o que os campistas fazem hoje?

Ora, podemos responder essa questão com base no empirismo do dia a dia. Todos sabem que uma parte significativa da população elege muitos corruptos e junto a eles são adeptos de uma espécie de coronelismo contemporâneo, que pode ser resumida em uma frase: " Tem como arrumar uma coisinha aí para mim"

Contudo se na prática essa parcela dos nossos atuais habitantes agem como corrompidos e corruptores, no campo do discurso unem-se "da boca para fora" ao coro social dos cidadãos retos, que reprovam a corruptela.

Em suma, dizem que quem vive de passado é museu, mas levando em conta o exemplo do índio Goytacá, podemos concluir que a corrupção só existe se eu e você consentirmos. Logo, se resgatássemos as nossas origens não seríamos museus, mas um povo mais próspero e justo.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp