28/03/2019 às 12h22min - Atualizada em 28/03/2019 às 12h22min

Aos desempregados: um abraço de conforto.

Todos os dias pela manhã ao sair de casa observo homens e mulheres com seus “carrinhos” carregados de resíduos descartados por nós moradores em nossas lixeiras. São pessoas que tinham seu trabalho, seu emprego, sua segurança financeira e social. Os quase cinco anos de políticas de austeridade que são impostos ao nosso povo, que perpassam os governos Dilma, Temer e agora Bolsonaro castigam nossos trabalhadores e trabalhadoras. Especialmente os mais pobres.

Lembro de uma cena em que estava na janela de casa, no fim de uma tarde e observei uma família recolhendo os resíduos descartados por nós, de nossa lixeira: além dos pais carregando seu “carrinho” vi duas crianças dentro do próprio e uma delas brincando com uma bonequinha encontrada em algum lugar. Aquilo me emocionou.

Por quê ?
Por quê ?
Por quê ?

É a luta pela sobrevivência, pelo pão no café-da-manhã, o feijão e o arroz no almoço e o jantar a noite. A luta para se alimentar, para se vestir, para criar seus filhos e filhas. Não é justo termos o que comer em nosso café, em nosso almoço e tantos outros não.

Assim não dá para ser feliz !

Gonzaguinha na canção Guerreiro Menino nos faz refletir sobre a precariedade e vulnerabilidade que homens e mulheres se submetem ao não ter seu emprego/trabalho:
 
Guerreiros são pessoas
São fortes, são frágeis
Guerreiros são meninos
No fundo do peito

...
Um homem se humilha
Se castram seu sonho
Seu sonho é sua vida
E a vida é trabalho
E sem o seu trabalho
Um homem não tem honra
E sem a sua honra
Se morre, se mata
Não dá pra ser feliz
Não dá pra ser feliz

Segundo o IBGE temos, infelizmente, no Brasil de hoje aproximadamente 12,7 milhões de desempregados. De acordo com a mesma pesquisa houve um aumento em torno de 1,2% entre aqueles que trabalham por conta própria.

É comum observarmos homens e mulheres nos sinais de trânsito, jovens também, vendendo água e doces, panos de limpeza e manejando malabares pela cidade. Embaixo de um sol escaldante, com muito calor e sem proteção aos raios solares.

O economista Amir Khair aponta que para a geração de empregos necessitamos de uma retomada de nossa economia, de crescimento econômico e para isso o governo deve investir em áreas estratégicas para nossa recuperação econômica como a construção de estradas, redes de abastecimento de água e tratamento de esgoto, financiamento habitacional, oferta de crédito acessível, incentivo ao empreendedorismo, qualificação dos trabalhadores, investimento em ciência e tecnologia, política industrial, etc..

Necessário que além da geração de empregos necessitamos dar reajustes reais ao salário mínimo e melhor remuneração aos trabalhadores e trabalhadoras para melhor distribuição de renda. Além de revogar a emenda constitucional 95 que congela os investimentos do governo em saúde, educação, moradia, transporte, trabalho e assistência social que empobrece ainda mais nossos trabalhadores e trabalhadoras.

O  saudoso Ulysses Guimarães nos dizia que:
...é cidadão quem recebe justo e suficiente salário, lê e escreve, mora, tem hospital e remédio, lazer quando descansa.

Que nossos trabalhadores recebam um abraço de conforto e de cuidado, pois o que mais necessitam neste momento: de trabalho e de dignidade.

Referências

30 anos da Constituição Cidadã

https://www.camara.leg.br/internet/agencia/infograficos-html5/constituinte/index.html

Desemprego sobe e atinge 12,7 milhões de pessoas após dois trimestres de queda

Amir Khair: Emprego I

Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp