17/11/2019 às 22h22min - Atualizada em 17/11/2019 às 22h22min

O PODER SOBRENATURAL DA FÉ

“Porque o reino de Deus consiste não em palavra, mas em poder.”

Bíblia Sagrada
Germando Santos
Reprodução
Os povos de todas as nações estão cansadas de tantas religiões, doutrinas e obrigações, mas na verdade, ainda as praticam e são fiéis a elas. Acontece que ainda alimentam um fio de esperança de que um dia a sua sorte poderá mudar e finalmente poderão alcançar soluções para os seus diversos tipos de problemas.
Enquanto isso não acontece, o seu sofrimento vai se prolongando, e o pior de tudo, se avolumando. Os vigaristas profissionais da religião tiram cada vez mais proveito dessa situação e, com filosofias diabolicamente engendradas, controlam as mentes e corações das pessoas, de tal forma, que elas nem dão conta de que estão sendo verdadeiras marionetes em suas mãos.
 
Quando o Senhor Jesus Cristo iniciou o Seu ministério terreno, percebeu essa situação que não é nova, e logo denunciou a hipocrisia dos profissionais da religião que, diga-se de passagem, atravessaram séculos e milênios incólumes, e estão aí, cada vez mais famintos e desesperados por suas presas, especialmente nestes últimos tempos. O Senhor então lhes dirigiu esse discurso, dizendo:
 
“Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! Porque fechais o reino dos céus diante dos homens; pois, vós não entrais, nem deixais entrar os que estão entrando.
Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! Porque devorais as casas das viúvas e, para o justificar, fazeis longas orações; por isso sofrereis juízo muito mais severo.
Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! Porque rodeais o mar e a terra para fazer um prosélito (convertido ao judaísmo); e, uma vez feito, o tornais filho do inferno duas vezes mais do que vós.
Ai de vós, guias cegos! Que dizeis; Quem jurar pelo santuário, isso é nada; mas se alguém jurar pelo ouro do santuário, fica obrigado pelo que jurou. Insensatos e cegos! Pois, qual é maior: o ouro, ou o santuário que santifica o ouro?... Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! Porque dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho, e tendes negligenciado os preceitos mais importantes da lei, a justiça, a misericórdia e a fé; devíeis, porém, fazer estas cousas, sem omitir aquelas. Guias cegos, que coais o mosquito e engolis o camelo.
Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! Porque limpais o exterior do copo e do prato, mas estes por dentro estão cheios de rapina e intemperança. Fariseu cego! Limpa primeiro o interior do copo, para que também o seu exterior fique limpo.
Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! Porque sois semelhantes aos sepulcros caiados, que por fora se mostram belos, mas interiormente estão cheios de ossos de mortos e de toda imundícia.
Assim também vós exteriormente pareceis justos aos homens, mas por dentro estais cheios de hipocrisia e de iniquidade.
Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! Porque edificais os sepulcros dos profetas, adornais os túmulos dos justos, e dizeis: Se tivéssemos vivido nos dias de nossos pais; não teríamos sido seus cúmplices no sangue dos profetas. Assim, contra vós mesmos, testificais que sois filhos dos que mataram os profetas. Enchei vós, pois, a medida de vossos pais. Serpentes, raça de víboras!
Como escapareis da condenação do inferno?” (Mt.23.13-33)
 
Essa palavra do Senhor Jesus mostra a ação dos principados, das potestades, dos dominadores e das forças espirituais do mal. Como combatê-los? Só existe uma única arma: o poder sobrenatural da fé! Palavras de amor, conselhos, doutrinas e tudo o mais podem até amenizar o sofrimento dos aflitos, mas para trazer solução definitiva, só o poder da fé viva no Deus Vivo será verdadeiramente eficaz. A fé viva é a única força capaz de neutralizar todas e quaisquer investidas de satanás.
“Porque o reino de Deus consiste não em palavra, mas em poder.” (1 Cor 4.20)
 
As pessoas estão cansadas de lero-lero, conversa fiada; elas querem mesmo é solução para os seus problemas, e Deus pode e quer abençoá-las! Há um provérbio que diz: “Como quem se despede num dia de frio, e como vinagre sobre feridas, assim é o que entoa canções junto ao coração aflito.” (Provérbios 25.20)
Isso significa dizer que não adianta ficar consolando o aflito com lindas palavras ou mesmo com hinos de louvor a Deus. Isso não resolve! O que o aflito mais deseja é se ver livre da sua aflição! Levar o aflito a louvar a Deus é o mesmo que passar vaselina sobre um furúnculo. Quer dizer: não vai resolver nada.
 
Ora, as pessoas estão cada vez mais doentes física e espiritualmente, e quando vão à igreja, buscam soluções que só podem ser encontradas mediante a ministração do poder de Deus, e não paliativos encontrados em qualquer lugar e a qualquer preço.
Toda semana, estaremos aqui nesta coluna e também através da emissora da rádio aurora, falando sobre este assunto. Que Deus os abençoe a todos, em Nome do Senhor Jesus!
Já deu tudo certo!
Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp