03/11/2021 às 11h34min - Atualizada em 03/11/2021 às 11h34min

Espetáculo "Mujeres de Arena - um grito contra os feminicídios” hoje

- Redação
A violência contra a mulher será o tema do espetáculo "Mujeres de Arena - um grito contra os feminicídios”, do Raver Coletivo Teatral, apresentado de forma remota nesta quarta-feira (3), às 19h. O ingresso grátis pode ser retirado no site Mujeres de Arena – um grito contra os feminicídios. O espetáculo foi contemplado no Edital Retomada Cultural da Secretaria de Estado e Economia Criativa do Rio de Janeiro (Sececrj), através da Lei Aldir Blanc. A atividade tem o apoio da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima (FCJOL).
 
O espetáculo “Mujeres de Arena - um grito contra os feminicídios" é uma adaptação da obra original “Mujeres de Arena”, do dramaturgo mexicano Humberto Robles, realizada pela artista Rosite Val e pela produtora Mirian Arce, fundadoras do Raver Coletivo Teatral. O texto, escrito a partir de testemunhos de mulheres de Ciudad Juárez, Chihuahua/México e de casos reais brasileiros, é um grito de denúncia contra os feminicídios e os desaparecimentos de mulheres em números estrondosos, que ocorrem no nosso país, no México e em seis países sul-americanos: Argentina, Bolívia, Colômbia, Guyana, Suriname e Venezuela.
 
DEBATE – Logo após a encenação, será realizado, no canal “Mujeres de Arena RJ” no YouTube, o debate “Violência contra a Mulher”, mediado pela atriz e diretora, Rosite Val, com as participações da subsecretária municipal de Políticas para Mulheres, Josiane Viana e da advogada Kelly Viter, presidente da OAB Mulher – Campos-RJ e coordena

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp