23/03/2019 às 09h52min - Atualizada em 23/03/2019 às 09h52min

Prefeitura apresenta mapas de estruturação da mobilidade

Nesta semana, foram realizadas as primeiras plenárias do Plano de Mobilidade Sustentável. No dia 27, retoma abordagens com a população.

Durante quatro dias, do último dia 18 até essa quinta-feira (21), a Prefeitura de Campos executou mais uma fase da elaboração do Plano de Mobilidade Sustentável. Com a participação popular, a primeira semana de plenárias debateu temas como: meios não motorizados, meios motorizados, infraestrutura de transporte e os polos geradores de tráfego. Segundo o assessor especial do gabinete do prefeito, membro do Núcleo Gestor e responsável pela condução dos Planos Diretor e de Mobilidade, Renato Siqueira, Campos não tem um plano de mobilidade, isso aumenta o significado deste trabalho, que será retomado na próxima quarta-feira (27) e segue até o dia 1º de abril. Os encontros são realizados na Uniflu, das 14h às 17h. Na ocasião, serão discutidos os temas: adensamento (orientado ao transporte) e o sistema de transporte municipal.
 
Nesta semana, foram apresentados o texto base do Plano de Mobilidade Sustentável de Campos e diversos mapas de estruturação da mobilidade, a exemplo do mapa de malha cicloviária integrada, que expande para todo o município, aumentando para significativos 250 km de extensão. Outro mapa importante apresentado foi o de corredores exclusivos para ônibus, igualmente representativo, também, o mapa estruturador dos limitadores eletrônicos de velocidade, os popularmente chamados pardais e o mapa dos terminais de embarque e desembarque do transporte público coletivo.
 
— Ressaltamos a importância de a população estar diretamente participando deste processo, visto que tanto o Plano de Mobilidade, quanto o Diretor, irão orientar o desenvolvimento municipal pelos próximos dez anos — frisou Renato Siqueira. 
 
No portal da prefeitura, é possível acessar a minuta do Plano de Mobilidade Sustentável, bem como o material base para as revisões do Plano Diretor, Lei de Uso e Ocupação do Solo, além da lei de Parcelamento do Solo. A fase seguinte, após 1º de abril, será a de audiências públicas, cujo calendário, locais e horários ainda serão divulgados.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp