22/07/2021 às 13h50min - Atualizada em 22/07/2021 às 16h13min

Trabalho híbrido pós-pandemia impulsiona a compra de franquias home office

As franquias home office são consideradas de baixo custo por não exigirem capital para instalação e nem gastos com aluguéis e condomínios, já que o ponto comercial será a residência do próprio franqueado.

DINO
http://www.dankidiomas.com.br
aulas de português do Brasil


Não é novidade que a pandemia fez mais pelo avanço digital do que a tecnologia em si. Ficou provado ao longo desse um ano e quatro meses de quarentena que o trabalho remoto funciona e trouxe grandes  frutos para as empresas. É por isso que muitas delas apostam no trabalho híbrido ou completamente remoto no pós-pandemia.

Uma pesquisa feita pela KPMG, que reuniu 569 empresários brasileiros, mostra que 38% deles pretendem reduzir o tamanho de seus escritórios.

A análise, que coletou dados relativos a agosto e setembro de 2020, é importante para medir a temperatura do atual momento e, também, para saber quais serão as medidas tomadas  para os próximos meses. Foram consultados 569 empresários de todas as regiões do Brasil, pertencentes aos setores de Agronegócio, Consumo e Varejo, Energia e Recursos Naturais, Governo, Healthcare & Life Sciences, Mercados Industriais, Infraestrutura, ONGs, Serviços Financeiros, Tecnologia, Mídia e Telecomunicações (fonte KPMG)

Seguindo essa tendência e focando na praticidade, muitas franquias já estão adaptando seus modelos de negócios para o modelo híbrido/ home office. Contudo, dirigir uma empresa de seu próprio lar, tem certos cuidados: “Nem todas as pessoas estão preparadas para terem seu próprio negócio em casa”, diz Mariza Gottdank, fundadora da rede Dank Idiomas. “É muito importante ter desde o início, espaço físico e limite de tempo para separar vida pessoal e profissional dentro do mesmo ambiente”. 

A ação de empreender no lar e ainda receber todo o suporte de uma rede tem se expandido no mercado brasileiro, tanto que o faturamento mais que dobrou, saltando de R$ 2,75 bilhões para R$ 6,3 bilhões, segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF).

A Dank Idiomas já trabalhava com o modelo home-based antes da pandemia, mas fez alguns ajustes para o cenário atual: “Adaptamos o nosso modelo de escola móvel para o novo normal”, Mariza Gottdank diz. “Lançamos um modelo expresso para profissionais e empreendedores que queiram continuar suas atividades de maneira remota ou híbrida (online e presencial), porém com material mais digitalizado e com treinamentos iniciais mais voltados ao conceito de trabalho remoto”. Mariza ainda completa que a tendência de trabalho home office proporciona melhor qualidade de vida e faz com que o empreendedor ganhe autonomia profissional e tenha melhor equilíbrio entre família e trabalho.

É o caso de Antônio Castro, sócio da Unidade Dank Idiomas Lavras - Minas Gerais. Ele é um dos franqueados da rede que se adaptou ao trabalho híbrido: “Sempre tive um pouco dessa vontade empreendedora”, ele diz. “Quando conheci a Dank Idiomas enxerguei uma oportunidade de colocar essa minha paixão como atividade principal, já que aprender uma nova língua é um dos principais desafios das pessoas no nosso país”.

Ainda segundo a ABF, por terem baixo investimento, as franquias home-based atraem investidores que desejam iniciar sua vida como patrão. Vale lembrar que as franquias home office são consideradas de baixo custo por não exigirem capital para instalação e nem gastos com aluguéis e condomínios, já que o ponto comercial será a residência do próprio franqueado.











Website: http://www.dankidiomas.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp