14/07/2021 às 16h23min - Atualizada em 14/07/2021 às 16h43min

Mercado de desinfecção de ambientes e superfícies é alvo de investimentos em meio à pandemia

Indústria nacional expande comercialização de produtos para limpar superfícies e eliminar microrganismos, como os de Covid-19 em ambientes médico-hospitalares, mas, também para uso em espaços comuns como escolas, academias, hotéis, restaurantes, empresas de limpeza e indústria automobilística.

DINO
http://www.dioxide.com.br
Escolas são ambientes que precisam de limpeza de superfícies diante da pandemia


Um dos mercados crescentes diante da crise sanitária enfrentada pelo mundo todo tem sido o de desinfecção de ambientes hospitalares, clínicas médicas e unidades de atendimento ao público em espaços de uso comum como escolas, academias, hotéis, restaurantes, empresas de limpeza e até na indústria automobilística.

Procedimentos como a desinfecção dos equipamentos e salas para a realização de exames já eram habituais no meio médico, porém a pandemia por Covid-19 intensificou os cuidados.

Não se trata apenas do uso de álcool em gel para as superfícies de objetos, móveis ou apoios de mão, mas, sim de soluções químicas específicas, como um desinfetante de alto nível com ação antimicrobiana.

Nesta área poucos são os exemplos de indústrias brasileiras que fabricam produtos para a eliminação de microrganismos. Grandes corporações internacionais detêm a frente da oferta de produtos no mercado.

Fugindo à regra, uma empresa nacional localizada em Indaiatuba, interior de São Paulo, tem investido na expansão comercial de um produto presente há alguns anos nesta linha de atuação. O produto Atomic 70 é um desinfetante de alto nível aprovado pela Anvisa que tem versões para uso em área médico-hospitalar e ambientes de uso comum. Quando usado em superfícies elimina até 17 vírus, entre, eles Coronavírus:

Sangue:
Vírus da hepatite B (HBV), vírus da hepatite C (HCV), Filoviridae, Flavivirus, Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV), Herpesviridae, Vírus da Leucemia T celular humana (HTLV), Zikavirus.

Trato respiratório:
Vírus Influenza, Coronavírus, Paramixoviridae, Herpesviridae, Vírus Rubéola.

Procedimento odontológico:
Vírus da hepatite B (HBV), vírus da hepatite C (HCV), vírus da imunodeficiência humana (HIV), Herpesviridae.

"Buscávamos uma solução mais eficiente, que fosse prática na dosagem, não tóxico, sem odores e que pudesse atender esta demanda crescente e, sem volta junto à área da saúde e no dia a dia das pessoas. O produto tem aprovação da Anvisa como sendo de alto nível não deixando a desejar a nenhum produto estrangeiro hoje", comentou o CEO da Dioxide Indústria Química Sustentável, Antonio Luiz Bernini, sobre o desinfetante Atomic 70.

O produto na versão área da saúde e "first" para uso em ambientes comuns pode ser descartado na rede sem prejuízos ao meio ambiente, sem a necessidade de neutralização. Um avanço na área química como solução mais inteligente e sustentável.

Antonio afirmou que a indústria brasileira está investindo fortemente para atender a demanda reforçada pela pandemia. "Um dos nossos investimentos foi a chegada de Charles Laforce para integrar a equipe da Dioxide. Com sólida experiência executiva e na área comercial nos segmentos têxtil, químico, plástico e comércio exterior, Charles vem para expandir a entrega deste produto para todos os segmentos da saúde".



Website: http://www.dioxide.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp