01/11/2019 às 11h55min - Atualizada em 04/11/2019 às 09h52min

Enem para pessoas com deficiência visual

Adaptação das provas do Enem para pessoas com deficiência visual: prova em braille, prova ampliada e prova ledor

DINO
https://studiobraille.com.br/
Reprodução

Segundo INEP/MEC, existem 3 tipos de adaptação de prova: prova em braille (para pessoas cegas), prova ampliada (para pessoas com baixa visão) e prova ledor (para qualquer pessoa com deficiência visual). Para solicitar este tipo de prova, você precisa comprovar a necessidade especial por meio de laudo médico. Após a solicitação e o encerramento do prazo das inscrições, os candidatos recebem ligações dos funcionários do Inep para confirmar o auxílio requerido e a necessidade de tempo extra, dependendo do tipo e do grau da deficiência.

Prova em braille

A prova em braille é baseada na prova Ledor e é dividida em cadernos que correspondem às áreas do conhecimento (Ciências da Natureza e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias e Linguagens, Códigos e suas Tecnologias). Ela procura manter a fidelidade do texto original: adaptação de tabelas, quadros e gráficos conforme estão na prova regular. Caso não seja possível fazer essas adaptações, são inseridas descrições dessas imagens, destacadas entre linhas em branco para não serem confundidas com os itens e textos dos itens da prova. As variações tipográficas como caixa alta, grifo, negrito e itálico são avaliadas, já que o excesso dessas marcações em braille prejudica a fluidez da leitura tátil. Para ser realizada a transcrição em braille (https://studiobraille.com.br) das provas, é indispensável que o transcritor tenha domínio das áreas específicas e que conheça a correta aplicação da simbologia braille referente a estas áreas. As provas devem ser revisadas por um profissional cego que garanta a qualidade e fidelidade da transcrição. A impressão é feita em papel de gramatura entre 120 e 180 g e com acabamento em espiral. A aplicação é realizada em salas individuais e, neste caso, o candidato conta com um ledor das questões e um transcritor de respostas.

Prova Ampliada

A prova Ampliada é dividida como a prova regular (com um caderno que tem duas áreas do conhecimento para cada dia de aplicação). É oferecida nos tamanhos 18 (Ampliada) e 24 (Superampliada) com fonte APhont ou Arial (de contornos regulares que facilita a leitura pela pessoa com baixa visão) , imagens com traçados e contornos fortes e definidos, além de alto contraste. Nesse tipo de prova, não há descrição de imagens. A impressão (em preto e branco) é feita, preferencialmente, em papel branco, fosco e opaco, de modo a evitar sombreamento pelo seu verso, com gramatura mínima de 90 g e acabamento em grampo. Os participantes são acomodados em número máximo de 12 por sala ou individualmente, se houver necessidade de auxílio de ledor ou transcritor de respostas.

Prova Ledor

A prova Ledor também é dividida como a prova regular (com um caderno que tem duas áreas do conhecimento para cada dia de aplicação). Nesta, os itens da prova regular que são estritamente visuais são substituídos ou são feitas adaptações dos itens possíveis para a leitura de um acompanhante Ledor, que faz a leitura oral da prova para o candidato. As imagens são suprimidas da prova e a descrição delas é precedida pela expressão "Descrição de (do/a)" complementada com o gênero textual do recurso a ser descrito, pelo título (se houver) e por todas as informações relevantes (de forma objetiva, clara, organizada, imparcial e com linguagem apropriada ao tema abordado). As abreviações, unidades de medida, fórmulas e expoentes são textualizados e escritos por extenso. Exemplo (ENEM ― 2017 ― Questão 116): Descrição da equação química: Os reagentes FeO (sólido) + CO (gasoso) formam os produtos Fe (sólido) + CO2 (gasoso). A impressão (em preto e branco) é feita em papel sulfite A4 e acabamento em grampo, como a prova regular, já que é destinada ao Ledor. O atendimento é prestado individualmente por duplas de ledores, que também podem atuar como transcritores de respostas.
Se você é pessoal com deficiência visual e vai fazer o ENEM, fique ligado! Você vai encontrar na prova um texto base com a adaptação do recurso, o enunciado do item e as alternativas. Apenas uma das alternativas é a correta e você deve dizê-la para um fiscal ledor que irá transcrever suas repostas para o gabarito. Em geral, as provas são acompanhadas de um gravador que garantem a veracidade e a lisura da aplicação. Não esqueça que a maioria das pessoas com deficiência visual têm direito a uma hora adicional para realizar sua prova.

Para saber sobre livros de química em braille, acesse: https://studiobraille.com.br/livros-de-quimica-em-braille.

Karina Da Silva Cavalcanti: Transcritora Braille Com Mais De 10 Anos De Experiência, Professora De Química Da Educação Básica, Pedagoga, Pós-Graduada Em Educação Especial Na Área De Deficiência Visual - UNESP E Especialista Da Comissão Assessora Em Adaptação De Provas E Itens Para Exames E Avaliações Da Educação Básica (DAEB) - INEP


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp