27/01/2020 às 09h45min - Atualizada em 27/01/2020 às 09h45min

Norte e Noroeste: Rios estabilizam e podem começar a baixar

Rodovias da região seguem bloqueadas, e BR-356 está totalmente interditada próximo a Cardoso Moreira

Redação
Reprodução
No começo da noite desse domingo (27), os rios Caragola, Muriaé, Itabapoana e Pomba começaram a entrar em fase de estabilização. Na maioria das cidades atingidas o nível da água parou de subir trazendo a esperança dos rios começarem a baixar ainda nesta segunda-feira (27).

O Rio Pomba em Santo Antônio de Pádua chegou à marca de 6,06m na cidade, e já apresenta sinais de que pode diminuir o volume das águas nesta segunda. Os bairros Aeroporto, Cidade Nova, Cehab, Centro, Carvalho, Mirante, Tavares e Beira Rio são os mais atingidos, e o Hospital Municipal Hélio Montezano também foi parcialmente inundado, e ainda se encontra evacuado com pacientes transferidos para Itaocara e Aperibé.

Em Cardoso Moreira, onde mais de 80% da cidade ainda está submersa, o nível do rio Muriaé também estabilizou, mas ainda permanece a cima dos 9m, e ruas do Centro, Porto das Barcas, Palmeiras e Cachoeiro são os pontos mais afetados do município, e cerca de 350 pessoas estão desalojadas ou desabrigadas.

A BR-356 permanece interditada no trecho próximo ao município de Cardoso Moreira e nos perímetros urbanos de Italva e Itaperuna, e motoristas realizam desvios por São Fidélis e Miracema.

Ainda que em ritmo mais lento, o rio Carangola começou a baixar em Natividade. No início da noite de ontem (26), após estabilização, recuou cinco centímetros, caindo de 6,35m para 6,30m por volta das 19h.

Com situação semelhante, o nível do rio Carangola também dá sinais de perda de volume das águas em Porciúncula, porém, mais de 90% da cidade ainda está inundado. Um homem morreu na cidade vítima da cheia, e o município decretou estado de emergência.

E na maior cidade do Noroeste do Estado, Itaperuna, desde o final da noite desse domingo (26), o rio Muriaé estabilizou e parou de subir.

Na cidade o rio atingiu a marca de 6 metros e 5 centímetros, um metro e 55 centímetros a cima da cota de transbordo, e um jovem permanece desaparecido no rio. Todo o perímetro urbano da cidade segue intransitável, e a Avenida Cardoso Moreira, na região central, está interditada desde ontem quando o asfalto começou a ceder e uma carreta ficou presa.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp