10/01/2020 às 15h11min - Atualizada em 11/01/2020 às 08h00min

Fluminense vai notificar Liverpool e Atlético-MG por Allan

O presidente do Tricolor, Mário Bittencourt, foi duro com a postura do Liverpool, mas também criticou o jogador.

O Dia
Mailson Santana/Fluminense FC
No Atlético-MG, Allan ainda foi assunto no Fluminense. Após a apresentação dos atacantes Felippe Cardoso e Caio Paulista, o presidente do Tricolor, Mário Bittencourt, apresentou um resumo da negociação com o Liverpool e mostrou todo seu descontentamento com as partes envolvidas. Em um pronunciamento, ele prometeu enviar uma notificação para o clube inglês, para o Galo e também para o volante, com cópia para a Fifa. A ação é mais simbólica do que prática.

"Minha crítica muito dura é à postura do Liverpool. Porque, minimamente, é conduta antiética do clube inglês, negociando paralelamente com dois clubes, aumentando o valor. Fez leilão", disse Mário.

Com inúmeras folhas impressas com os emails trocados durante a negociação, Mário explicou que antes da última rodada do Brasileiro, conversou com Allan e ouviu que o desejo era permanecer no Fluminense. Então deu início às conversas com os ingleses. A primeira proposta, no dia 23 de dezembro, não foi aceita: compra de 50% dos direitos econômicos. O Liverpool acabou aceitando uma segunda, de compra de 90%, em cinco parcelas e direito a mais 20% do lucro em uma futura venda.

Entretanto, o Liverpool acabou mudando de ideia e avisou que havia outro clube (Atlético-MG) oferecendo o pagamento à vista Segundo Mário, o Fluminense aumentou a proposta para que pagasse em mais vezes.

Enfim houve um acordo, mas então um representante de Allan avisou à diretoria tricolor que havia acertado com o Atlético-MG. Logo depois, os ingleses encerraram as negociações, mesmo depois de terem enviado a minuta do contrato e acertado tudo.

Mário foi duro com a postura do Liverpool, mas também criticou o jogador. "Ficam lições. a primeira é de que juras de amor devem ficar da porta para dentro porque no fundo isso é um mercado, um negócio, futebol profissional. o grande equívoco de alguns atletas é querer criar e vender uma relação de paixão que não existe. Não há problema mudar de clube, só precisa ser transparente. Minimamente faltou lealdade às conversas. Fica o entendimento para o nosso torcedor que nenhum jogador é maior que o Fluminense", afirmou Mário, complementando.

"Nenhuma mágoa do Allan, vamos buscar nossos direitos. Também queria fazer apelo aos torcedores: não tem menor necessidade de acontecer (os xingamentos na internet".
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp