25/07/2019 às 13h10min - Atualizada em 25/07/2019 às 13h10min

Correios cortam verbas e podem fechar 21 agências comunitárias em Campos

Prefeitura estuda um caminho para manter as agências abertas

Supcom
Reprodução
Os Correios, empresa pública federal, anunciaram, por meio de ofício encaminhado à Prefeitura de Campos, o corte dos recursos responsáveis pelo funcionamento das 21 unidades das Agências Comunitária dos Correios (AGCs) espalhadas em 4.000 km² entre bairros e distritos de Campos. No despacho, a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos cita a portaria interministerial n° 4.474, de 31 de agosto de 2018, que estabelece as diretrizes para metas de universalização postal, onde as mesmas só poderão ter o contrato renovado mediante assinatura de acordo de cooperação técnica.

Segundo o secretário municipal de Governo, Alexandre Bastos, o prefeito Rafael Diniz criou um grupo de trabalho e, mesmo com o corte do repasse, contingenciamento, e baixa arrecadação financeira que o município atravessa, será estudado um caminho para manter as agências abertas com novo formato imposto pelos Correios.

"Atualmente temos 24 unidades de agências nesse formato em funcionamento na cidade e três delas já funcionam desde 2017 quando assumimos através de termo de cooperação técnica da Prefeitura junto aos Correios. O prefeito Rafael Diniz entende a importância dessas unidades em bairros mais afastados do Centro, compreendendo que Campos é uma das cidades em maior extensão territorial do país cabendo dentro da planície até duas capitais, e mesmo com o corte por parte da ETC e crise econômica municipal, já há um estudo para manter as unidades para que o serviço não seja prejudicado", disse Bastos.

Atualmente, as unidades são em Baixa Grande, Beira do Taí, Campo Limpo, Conselheiro Josino, Dores de Macabu, Farol de São Tomé, Ibitioca, Lagoa de Cima, Marrecas, Morangaba, Morro do Coco, Murundu, Mussurepe, Ponta da Lama, Santa Maria, São Martinho, São Sebastião, Saturnino Braga, Serrinha, Tocos e Vila Nova.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp