24/07/2019 às 11h48min - Atualizada em 24/07/2019 às 11h48min

Wind Farm & Indústria Eólica: parceria fechada para produção de energia limpa no Norte Fluminense

O projeto também visa a criação de empregos técnicos na região

Redação
Divulgação
Em uma reunião realizada na segunda-feira (22), o Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Campos dos Goytacazes,  São João da Barra, Quissamã, João Cunha e a Federação dos Trabalhadores Metalúrgicos do Estado do Rio de Janeiro fecharam uma parceria para a execução do projeto Wind Farm & Indústria Eólica com a criação da Cooperativa dos Produtores de Energia Eólica Regional do Estado do Rio de Janeiro, com objetivo de uma produção de energia limpa e a geração de empregos técnicos na Região Norte Fluminense.

O Projeto Eólico, que nasceu dentro do Centro Universitário Fluminense (UNIFLU), em Campos, no Grupo de Pesquisa Interinstitucional de Desenvolvimento Municipal e Regional (GPIDMR UENF/UNIFLU & CNPq) é hoje uma esperança para geração de emprego técnico em toda região.

Se unindo para somar forças para o Desenvolvimento Econômico Regional, o presidente do Sindicato
 e o deputado Wladimir Garotinho identificam a importância das etapas do projeto Eólico criarem vagas de emprego técnico no setor naval e offshore.

João Cunha que também é Secretário da Região Norte Noroeste da Central Força Sindical do Estado do Rio de Janeiro, espera com sua influência no setor unir as instituições e aposta em Wladimir para ajudar na geração de emprego técnico na região, que normalmente depende somente do setor petrolífero, além de apoiar a PLS 484 que permite a construção de Parques Eólicos Offshores como já aprovado no Senado e agora em poder do Congresso para aprovação.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp