27/08/2021 às 18h57min - Atualizada em 27/08/2021 às 18h57min

Justiça mantém prisão preventiva de operador financeiro de Cabo Frio

Rafael Khenaifes Abud

A justiça manteve a prisão de Glaidson Acácio dos Santos, conhecido como o "Rei do Bistcoin", em Cabo Frio. A prisão preventiva foi mantida após audiência de custódia nesta sexta-feira (27).

O advogado Thiago Minagé, que defende Glaidson, informou que recebe de "forma respeitosa" a decisão, mas vai ingressar com um habeas corpus no Tribunal Regional Federal (TRF).

A Justiça também manteve a prisão preventiva de Tunay Pereria Lima e sua mulher, Marcia Pinto dos Anjos, ambos presos.

Glaidson foi preso na quarta-feira (25) na Operação KryptosAgentes, da Polícia Federal. Na ação, foram apreendidos mais de R$ 15 milhões em espécie na casa dele.

Outros dois presos, Arthur dos Santos Leite, apontado como "trader" da empresa; e Guilherme Silva de Almeida, que é sócio de uma das empresas de Glaidson, também passaram por audiência de custódia nesta sexta e serão soltos.

Nesta quinta-feira, inúmeros investidores de Cabo Frio, na Região dos Lagos, fizeram um protesto por causa da prisão do operador financeiro.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp