04/03/2020 às 15h55min - Atualizada em 05/03/2020 às 08h00min

Grupo de Emergências se reúne para debater impactos da chuva em Campos

O objetivo é debater estratégias de ações e minimizar os impactos provocados pelas chuvas que atingem a região Sudeste do País e que acabam refletindo no Município.

Supcom
Supcom
O Grupo de Emergências em Alagamentos (GEA) se reuniu nesta quarta-feira (04) com o Prefeito Rafael Diniz, para debater estratégias de ações e minimizar os impactos provocados pelas chuvas que atingem a região Sudeste do País e que acabam refletindo no Município. O gestor destacou a importância do planejamento para ações preventivas e atendimento à população, caso haja necessidade. Nesta quarta-feira (4), o coordenador da Defesa Civil de Campos, Major Edison Pessanha, vai vistoriar diques na localidade de Três Vendas e na BR 356, de ligação com São João da Barra, mas dentro do Município de Campos.

"O Grupo está aqui reunido, afinando a participação de cada secretaria para atendermos à população. Queira Deus que não seja necessário, mas, caso contrário, estamos prontas para atender às eventuais demandas, assim como fizemos, no início do ano ", explica o prefeito.

O coordenador da Defesa Civil, major Edison Pessanha, destaca que o órgão, em conjunto com as demais secretarias, está em atendimento constante à população: “A preocupação, neste momento, é com a alta do Paraíba, que vem recebendo grande volume de água em decorrência das chuvas de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, e do rio Muriaé: “Existe uma previsão de 300 mm de chuva na Zona da Mata Mineira. Pode ser que não aconteça, e estamos torcendo para que não aconteça. Mas, caso se confirme, a equipe está preparada”, afirma Pessanha.

O GEA, formado no início de novembro de 2017, é composto pela Defesa Civil Municipal (DCM), Secretaria Municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana (SMIMU), Secretaria Municipal de Desenvolvimento Ambiental (SMDA), Empresa Municipal de Obras Públicas (Emhab), Secretaria de Governo e Secretaria Municipal de Desenvolvimento Humano e Social (SMDHS). A Procuradoria Geral do Município também participou da reunião.

Ofícios — Também nesta quarta-feira (4), o major Edson volta a encaminhar ofício ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e ao Instituto Estadual do Ambiente (Inea) apontando pontos recorrentes de problemas gerados em época de chuvas, como agora. O coordenador da Defesa Civil reitera, nos ofícios, enviados, primeiro em 2017, a necessidade de reforço nos diques da Boianga (no caso do Inea), e da comporta da BR 356, (direcionado ao DNIT).

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp