04/03/2020 às 11h05min - Atualizada em 05/03/2020 às 08h00min

Mais de 600 alunos participam no Trianon da aula inaugural do Qualifica Jovem

O Programa assiste a duas faixas etárias distintas: entre 14 e 17 anos, em cinco polos espalhados pela cidade e a jovens entre 18 e 29 anos. Os cursos são gratuitos

Supcom
Reprodução
Aos 28 anos, desempregada há mais de 12 meses, Jéssica Silva esteve entre os mais de 600 adolescentes e jovens que participaram da aula inaugural do Programa Qualifica Jovem, da Fundação Municipal da Infância e da Juventude (FMIJ), nesta terça-feira (3), no Teatro Municipal Trianon. Ela, que só teve uma oportunidade de trabalhar como cuidadora, mesmo sem preparo técnico para desempenhar a função, contou que decidiu buscar qualificação para ajudar no sustento da família.

"
As coisas não estão fáceis para ninguém. Há um ano estou desempregada. Não dá para esperar de braços cruzados que o serviço caia do céu. Então eu decidi me preparar para ocupar o meu lugar. Vou fazer o curso de Manicure, Pedicure e Designer de Sobrancelhas para aprender a profissão e quero trabalhar em casa mesmo", contou.

O Programa Qualifica Jovem assiste a duas faixas etárias distintas: na sede da FMIJ são ministrados cursos para adolescentes entre 14 e 17 anos; já em cinco polos espalhados pela cidade são oferecidas oportunidades de qualificação a jovens entre 18 e 29 anos. Os cursos são gratuitos e asseguram preparação em diferentes áreas de atuação profissional. As aulas para as duas vertentes do Programa iniciam na próxima segunda-feira, dia 9.
 
"Mesmo neste cenário de crise, o governo Rafael Diniz tem se esforçado para manter as 500 vagas que a FMIJ oferece para os jovens de até 29 anos e ainda as 300 vagas que o Programa oferece para os adolescentes. Esse encontro de hoje marca o início de uma caminhada. Queremos reencontrá-los e ver esse teatro lotado, de novo, ao final do semestre para comemorarmos a conquista dos seus certificados, que abrem portas para o encaminhamento ao mercado de trabalho e para a concretização do sonho de cada um vocês" disse a presidenta da Fundação, Sana Gimenes.
 
O assistente social e presidente do Conselho de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMPDCA), Renato Gonçalves, foi o palestrante da tarde. Usando a mensagem da música “Levanta e anda”, do cantor e compositor Emicida, ele incentivou os jovens que estão em busca de qualificação.
 
"Um trecho da música diz o seguinte: ‘Quem costuma vir de onde eu sou, às vezes não tem motivos para seguir. Então, levanta e anda’. Em outro momento ele ainda completa: ‘Irmão, você não percebeu que você é o único representante do seu sonho na face da Terra. Se isso não fizer você correr, chapa, eu não sei o que vai’. Esse é o resumo da mensagem. A qualificação, a busca por conhecimento, é o caminho. Deem o máximo de si nessa jornada e ao longo dela lembrem-se sempre de que vocês escolheram o caminho para o mercado de trabalho protegido e amparado" salientou Renato.
 
O diretor de Programas e Serviços da FMIJ, Paulo Roberto Gomes, finalizou dando as boas-vindas aos jovens. 
 
"Ao longo da vida é comum encontrarmos obstáculos quando estamos em busca da realização dos nossos sonhos. Mesmo que eles apareçam, tenham em mente que vocês são maiores e que irão superá-los. Sejam todos muito bem-vindos. Encontramos vocês na nossa formatura!" disse. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp