02/03/2020 às 15h47min - Atualizada em 02/03/2020 às 15h47min

Crivella culpa população por enchente e é atingido por lama

Prefeito se preparava para falar com jornalistas quando foi surpreendido.

G1
Julia Arraes/GloboNews
O prefeito Marcelo Crivella foi atingido por barro, na manhã desta segunda-feira (02), quando dava início a uma entrevista com jornalistas em Realengo, na Zona Oeste do Rio. Ele foi até o bairro, um dos mais atingidos pela chuva que atinge Grande Rio desde domingo, para verificar os estragos provocados pela temporal e reclamou da quantidade de lixo jogada em encostas e bueiros.

Três pessoas morreram na capital e outra em Mesquita, na Baixada Fluminense. Uma outra pessoa pessoa está desaparecida em Queimados, também na Baixada.

O prefeito afirmou que a região onde pelo menos 14 carros ficaram submersos é de difícil acesso. Segundo Crivella, o principal problema não é a chuva em si, mas a quantidade de lixo jogada pela população nos rios e encostas.

No domingo (01), o prefeito comentou os estragos da chuva e disse que cariocas gostam de morar perto de áreas de risco porque gastam menos com 'cocô e xixi'.

Além das mortes confirmadas, pelo menos 66 pessoas estão desalojadas, de acordo com o prefeito. "As pessoas que faleceram estão tendo suas famílias assistidas pela nossa secretária[ de Assistência Social], Tia Ju", disse Crivella.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp