21/01/2020 às 15h17min - Atualizada em 22/01/2020 às 08h00min

A Voz de Campos: Prestação do Transporte Público no município é tema desta terça (21)

Representantes do Anda Campos participaram por telefone esclarecendo dúvidas da população.

Redação
Reprodução
Nesta terça-feira (21), o Programa ‘A Voz de Campos’ abordou no quadro ‘Conversando com o Povo’ questões relacionadas à prestação de serviços do transporte público no município de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense. 

Sob comando de Germando Santos e com comentários de Luiz Henrique, a programação contou com a participação por telefone da assessora de comunicação, Pâmela Carvalho, e o diretor de operações, Roberto Forli.  Eles são os representantes do Anda Campos – empresa responsável pela integração do transporte tronco-alimentador de Campos.

Implantado no
dia 13 de julho de 2019, o sistema de integração ainda causa alguns transtornos para a população, que tem reclamado com frequência sobre a ineficiência do transporte em alguns setores da cidade, como no C e D, que ainda não aceitam o cartão Anda Campos. 

Segundo o Roberto Forli, o ideal é que o cartão seja aceito por completo no município, beneficiando toda população. Mas, pela falta de interoperabilidade com outra empresa que atua no município, os setores C e D ainda não aceitam o Anda Campos, ocasionando em outras despesas para os usuários do transporte e travando a mobilidade na integração. 

Ainda de acordo com o diretor de operações, a previsão é de que em três meses essa interoperabilidade esteja funcionando.

Cerca de 80 mil pessoas já estão utilizando o cartão que funciona ativamente nos setores A e B. E segundo Pâmela Carvalho, com esse cartão em mãos, a população economiza pagando a integração tarifária.

“Se a pessoa não estivesse com o cartão Anda Campos, ela teria que pagar duas ou mais passagens.”, declarou a assessora.

Durante a programação, os interespectadores puderam participar esclarecendo dúvidas e expondo as críticas através da Live no
Facebook, pelas plataformas digitais da Rede Aurora e pelo telefone 3704-1313. 

No programa também foram abordadas questões sobre como a Secretaria de obras deve estar alinhada ao Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT) para permitir uma mobilidade urbana melhor em Campos. Uma vez que, com ruas esburacadas e ruins as vans do sistema alimentador podem acabar quebrando, atrapalhando a vida dos motoristas e usuários.

Vários questionamentos dos interespectadores da TV Aurora, direcionados a comunicação da secretaria do IMTT foram respondidos em nota, podendo destacar uma das perguntas:

"Uma vez passada a fase de transição com resistência dos permissionários, qual o principal desafio observado pelo Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT) atualmente?"

Resposta: Para o IMTT, o grande desafio continua sendo resgatar a credibilidade e confiança dos usuários de transporte da cidade. "Já avançamos muito, com 2.5 milhões de utilizações por mês do transporte, atualmente, mas o objetivo é passar de 3 milhões de utilizações mensais ainda em 2020", destacou Quintanilha.


O questionamento que fica para a reflexão dos leitores é: O que está faltando na integração do transporte?

O programa pode ser conferido na íntegra através do link:
Aqui.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp