22/11/2019 às 09h45min - Atualizada em 22/11/2019 às 09h45min

Rafael Diniz assina termo de intenção para gerar mais de três mil empregos

Assinatura aconteceu na tarde desta quinta (21) na sede da Prefeitura de Campos para a instalação de usina de energia fotovoltaica e terminal de gás natural liquefeito

Supcom
Divulgação

Um termo de intenção foi assinado na tarde de hoje, quinta (21), na sede da prefeitura de Campos para a criação de uma usina de energia fotovoltaica no município. A iniciativa visa a geração de 200 megawatts de energia limpa possibilitando atender mais de 600 mil residências. Além da geração de energia fotovoltaica, o empreendimento também terá um terminal de gás natural liquefeito (GNL) para clientes industriais. Já nos próximos meses serão gerados mais de três mil empregos diretos e cerca de 7 mil indiretos durante a implantação do empreendimento - resultado de uma joint venture entre a E4 Brasil e a Amazônica Energy.

A Amazonica Energy é uma empresa brasileira fundada por profissionais com sólida experiência e conhecimento dos setores de Infraestrutura e Energia, que participaram dos mais relevantes projetos de desenvolvimento brasileiros na última década. Já a E4 Brasil é uma empresa de estratégia e inovação com profissionais com mais de 25 anos de experiência no trato com equipes de alta performance, em projetos estruturantes e de serviço público.

Durante a assinatura do termo, o CEO da Amazônica Energy, Marcelo Araújo, destacou a importância da instalação da usina. “Estamos falando de energia limpa com a proposta de atender não só o município de Campos, como também São Francisco do Itabapoana, São João da Barra e Quissamã. Além de oportunizar economia e sustentabilidade na região” ressaltou.

O prefeito Rafael Diniz destacou que este é um importante passo no desenvolvimento econômico do município.

- Temos o compromisso de trazer bons investimentos para a cidade, sempre dentro da legalidade, para avançarmos na geração de empregos e no desenvolvimento regional, pontuou Rafael.

- A vinda de um investimento como este para Campos só é possível devido a articulação do prefeito Rafael Diniz no que diz respeito ao anel viário. Campos tem total aptidão para receber uma usina de energia fotovoltaica, mas, só nessa gestão criou-se a possibilidade de chegada de investidor trazendo energia de qualidade, limpa e que possibilitará a atração de diversas indústrias, avaliou Edmar Borralho, diretor de negócios da E4 Brasil

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Felipe Quintanilha, serão investidos mais de 500 milhões de dólares (cerca de dois bilhões de reais) para a implantação da usina e do terminal de GNL. “Foram feitos estudos e avaliações para a implantação deste empreendimento que atrai diferentes empresas para nosso município”, destacou.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp