07/11/2019 às 13h30min - Atualizada em 07/11/2019 às 13h30min

Funcionários do Porto do Açu realizam nova manifestação nesta quinta (07)

Os funcionários reivindicam a possível demissão em massa, falta de pagamento dos direitos trabalhistas e plano de saúde.

Redação
Divulgação
Durante as primeiras horas da manhã desta quinta-feira (07), trabalhadores de duas empresas que integram o Complexo Portuário do Açu, em São João da Barra, realizaram um novo protesto próximo a localidade de Rua Nova, no distrito de Pipeiras.

O ato, que contou com funcionários das empresas ACCIONA e Andrade Gutierrez, teve como objetivo reivindicar a possível demissão em massa, falta de pagamento dos direitos trabalhistas e plano de saúde. 

Em nota, as empresas informaram que, assim como ontem (06), integrantes de um sindicato que não representa a categoria impediram, novamente, que seus funcionários chegassem ao local de trabalho, interceptando os ônibus que realizam o transporte dos funcionários.

Elas ressaltam que já estão tomando as medidas necessárias para reverter a situação, para que seus funcionários possam se dirigir ao local de trabalho sem transtornos e para que as atividades nas obras sejam retomadas o quanto antes.

Andrade Gutierrez e Acciona ressaltam ainda que seguem rigorosamente a legislação trabalhista (CLT) e a CCT - Convenção Coletiva de Trabalho, firmada junto ao sindicato da categoria que legalmente representa os trabalhadores na região. As empresas reforçam seus compromissos com os funcionários e comunidades.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp