04/11/2019 às 15h59min - Atualizada em 05/11/2019 às 07h59min

Ex-vereador Thiago Virgílio é preso em Campos

O ex-parlamentar estava foragido desde que a condenação foi apresentada pela PF durante uma coletiva de imprensa, na última quinta-feira (31)

Redação
Reprodução
A Polícia Federal prendeu neste domingo (03), o ex-vereador Thiago Virgílio (PTC), na própria residência, no Parque Aurora, em Campos dos Goytacazes. Ele estava foragido desde que a condeção foi apresentada pela PF durante uma coletiva de imprensa, na última quinta-feira (31). 

O ex-parlamentar vai responder em regime semiaberto por cinco anos e quatro meses, com perda de mandato eletivo e suspensão dos direitos políticos. Segundo a PF, ele foi condenado pela participação na Operação Chequinho, que investigou a compra de votos nas eleições municipais de 2016. 

Outros dois ex-vereadores também estão sendo investigados. Kellinho (Pros)
se entregou à PF na quinta-feira (31), e Linda Mara (PTC) continua foragida. 

OPERAÇÃO

A Operação Chequinho teve início em setembro de 2016, com a investigação de um esquema de compra de votos em Campos. Segundo o Ministério Público Estadual, em troca de votos, a prefeitura usava o programa social Cheque Cidadão, disponibilizando R$ 200,00 por mês para cada beneficiário.

Kellinho, Linda Mara e Thiago Virgílio chegaram a ser presos durante a operação, mas conseguiram a liberdade dias depois.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp