02/09/2019 às 15h31min - Atualizada em 02/09/2019 às 15h31min

Equipe de Bocha do Paraesporte conquista medalhas de ouro e bronze em Búzios

O evento reuniu 35 duplas de várias cidades do interior do Rio de Janeiro

Supcom
Supcom
As duplas unificadas do Paraesporte - o maior projeto público esportivo do país voltado para pessoas com deficiência - Larrisa Borges e Thiago Cruz (atleta parceiro) e Diego Pré e Lourival Alvarenga (atleta parceiro) conquistaram medalhas de ouro e bronze, respectivamente. Eles participaram no último final de semana do Torneio de Bocha das Olimpíadas Especiais Brasil (OEB), em Búzios.  

O evento reuniu 35 duplas de várias cidades do interior do Rio de Janeiro. Os alunos da bocha são coordenados pela professora Laura Coutinho. Segundo o coordenador do Paraesporte, Fábio Coboski, o resultado foi extremamente positivo.  

"Há mais de 10 anos luto pela inclusão das pessoas com deficiência e o resultado está aí. Além das medalhas, há três anos o Paraesporte proporciona dignidade e inclusão através do esporte", destacou o presidente da Fundação Municipal de Esportes, Raphael Thuin.

O torneio reuniu cerca de 150 atletas de várias cidades como Cabo Frio, Armação de Búzios, Macaé e Campos, nas modalidades de bocha e natação.

O Paraesporte atende a cerca de mil pessoas com deficiência que participam das atividades esportivas como atletismo, dança, ginástica, bocha, natação, futsal, basquete, vôlei, entre outras.  Ainda há vagas e as famílias interessadas devem procurar a sede da Fundação Municipal de Esportes (FME), situada a Rua dos Goitacazes, 499, Centro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. 

Em março, último, os atletas de futsal e vôlei de praia do Paraesporte integraram a delegação brasileira nos Jogos Especiais de Verão, em Abu Dhabi, e conquistaram, respectivamente, medalhas de prata e bronze.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp