27/08/2019 às 14h57min - Atualizada em 27/08/2019 às 14h57min

Petroleiros em assembleia até o próximo dia 30 em Macaé

As assembleias estão ocorrendo desde a última quinta-feira (22), e também visam aprovação de greve

Sindipetro-NF
Ascom
Os petroleiros e petroleiras do Norte Fluminense estão avaliando indicativos do Sindipetro-NF para a Campanha Reivindicatória. As assembleias estão ocorrendo desde a última quinta-feira (22), em grupos da Unidade de Tratamento de Gás de Cabiúnas, em Macaé. As bases de Imbetiba, Parque de Tubos e Edinc tiveram uma assembleia unificada nesta terça-feira (27), às 9h30, no Ginásio Juquinha, também em Macaé.

Petroleiros das plataformas participam de assembleias que estão sendo realizadas por dirigentes sindicais nos aeroportos onde há troca de turmas na região: Bartolomeu Lisandro e no Heliporto do Farol de São Thomé, em Campos dos Goytacazes, e aeroporto de Cabo Frio. Também haverá assembleia na sede do sindicato em Campos dos Goytacazes, nesta quarta-feira (28), às 10h.

A categoria avalia os indicativos de “Manutenção da negociação coletiva sobre os pontos divergentes”, “Prorrogação dos efeitos do atual acordo coletivo de trabalho enquanto durarem as negociações, demonstrando boa fé negocial”, “Rejeição da 3ª contraproposta da Petrobrás” e “Aprovação de greve em data a ser definida pela FUP e seus sindicatos, no caso de ataques ao patrimônio jurídico coletivo da categoria, durante o processo negocial”.

Orientações para as assembleias

Administrativo

A concentração dos petroleiros e petroleiras no Juquinha vai começar às 7h. A assembleia tem primeira chamada às 9h30 e segunda chamada às 10h. Depois desse horário os portões serão fechados e não será mais permitida a entrada. O sindicato disponibilizará transporte entre portões de Imbetiba, Parque de Tubos e Edinc e o local da votação.

Plataformas

Orientamos aos petroleiros e petroleiras que participem das assembleias que serão realizadas nos aeroportos da região, no período de 26 a 30/08, conduzidas pelos Diretores do Sindipetro-NF, nos embarques e desembarques. A bordo das unidades não ocorrerão assembleias nesse momento, sendo circulado um abaixo assinado, e a divulgação dos abaixo assinados se dará contabilizando o total de todas as unidades, não mais divididos pelas plataformas, sendo este o mesmo modelo de divulgação para as assembleias. O manifesto assinado a bordo terá efeito político e não será contabilizado como voto de assembleia.

Hora de posição firme

O Sindipetro-NF conclama a todos e todas para que participem das assembleias. Como tem ocorrido em outras bases do país, é muito importante que a categoria petroleira na região mostre uma grande disposição para a luta.
Este momento crítico pelo qual passa o País e a Petrobrás exige uma posição firme e altiva. Não há espaço para a omissão. Além de querer cortar direitos dos trabalhadores e estar vendendo grande parte dos seus ativos, o governo anunciou que fará “estudos” para privatizar completamente a empresa. Se não houver grande resistência dos petroleiros e petroleiras e conscientização da sociedade, este governo acabará com a companhia.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp