27/03/2023 às 17h00min - Atualizada em 28/03/2023 às 00h01min

Lançamento do livro "Mostra Aurora - 2008 - 2023", Cinema da Vela, estreia do documentário sobre o padre Júlio Lancelotti, encontros e debates, são alguns destaques da 11ª Mostra Tiradentes | SP

A 11ª edição da Mostra Tiradentes SP, que vai até a próxima quarta, 29 de março no CineSesc, promove uma série de encontros e debates na programação.

SALA DA NOTÍCIA ATTi Comunicação

Entre eles, o  tradicional Cinema da Vela,  no dia 28.03, terça-feira, às 19h30, no CineSesc, com o tema Cinema Mutirão: Laboratórios e Cinema de Grupo de São Paulo. O evento conta  com as participações dos cineastas Helena Ignez, Leonel Costa e Filipe dos Santos Barrocas e a mediação a cargo do crítico de cinema João Paulo Campos. 

O evento contará  também com o lançamento do livro "Mostra Aurora - 2008 - 2023",  publicação idealizada, organizada e distribuída pela Universo Produção, que reúne a trajetória de 16 edições da Mostra Aurora - um recorte da programação que se tornou referência de aposta em diretores estreantes que passaram a ter espaço na cena audiovisual brasileira e no circuito de festivais internacionais. Filmes que se destacam pelo seu tempo, fortes na relação com seu tempo, pelo que mostram, por como mostram. O cinema brasileiro feito hoje no Brasil. A Mostra Aurora apresenta anualmente o cinema de vanguarda que mudou, revelou, transformou a cara do cinema brasileiro contemporâneo – uma inovação na programação da Mostra de Cinema de Tiradentes, um percurso instigante de descobertas e talentos.

 

DESTAQUES DA PROGRAMAÇÃO

O documentário inédito "O que nos espera", sobre o Padre Júlio Lancellotti, uma das maiores lideranças na luta pelos direitos humanos no Brasil, será exibido pela primeira vez em São Paulo no dia 28 de março, terça-feira, às 17h30, no Cinesesc, com bate-papo após a sessão, com a presença da equipe e mediação da curadora Mariana Queen Nwabasili. (trailer: https://vimeo.com/770012661)

 

O curta faz parte da Mostra Vertentes que reúne outros três documentários  na mesma sessão produzidos em São Paulo e que demonstram a força do cinema contemporâneo paulista:  Arrimo, de Rogério Borges, Através da Cidade Invisível, de Paulo Grangeiro, e Onde a Gente se Encontra, de Talita Virgínia.


PROGRAMAÇÃO COMPLETA 

Abaixo, a programação completa da 11ª Mostra Tiradentes | SP e para mais informações sobre os filmes, acesse https://mostratiradentessp.com.br/

 

Link para fotos

https://www.flickr.com/photos/universoproducao/

 

Acompanhe o programa Cinema Sem Fronteiras 2023. 

Participe da Campanha #EufaçoaMostra

Na Web: mostratiradentessp.com.br

No Instagram: @universoproducao No Youtube: Universo Produção

No Twitter: @universoprod No Facebook: mostratiradentes / universoproducao

No LinkedIn: universo-produção

 

SOBRE A MOSTRA DE CINEMA DE TIRADENTES

A Mostra de Cinema de Tiradentes nasceu para ser a grande aliada do cinema brasileiro e acontece em edições anuais, desde 1998, em janeiro, na cidade de Tiradentes e, desde 2012, realiza um recorte da programação em São Paulo. Consolidou-se como o maior evento dedicado ao cinema brasileiro contemporâneo em formação, reflexão, exibição e difusão no país. Apresenta, exibe e debate, em edições anuais, o que há de mais inovador e promissor na produção audiovisual brasileira, em  mais de 120 filmes em pré-estreias e mostras temáticas de longas e curtas. 

Além da exibição de filmes, presta homenagens a personalidades do audiovisual, realiza programa de formação –oficinas, labs e masterclasses, promove seminário, debates,a série Encontros com os Filmes, diálogos audiovisuais, Mostrinha de Cinema, lançamento de livros, exposições, cortejo, performances e atrações artísticas.

 

SERVIÇO

11ª MOSTRA TIRADENTES  | SP -  23 a 29 de março de 2023

Local: Cinesesc - Rua Augusta, 2075, Cerqueira César

Ingressos: R$24 (inteira)   R$12 (meia) e R$8 (trabalhadores do comércio)

Realização: Universo Produção e CineSesc 

 

Assessoria de Imprensa - Mostra Tiradentes | SP

Universo Produção | (31) 3282.2366/ 9 9534-6310 – Laura Tupynambá | [email protected]

Atti  Comunicação

Valéria Blanco – (11) 991050441 – [email protected]

Karina Mancini – (41) 996320690 – [email protected]

Eliz Ferreira – (11) 991102442 – [email protected]

 

PROGRAMAÇÃO COMPLETA - ÚLTIMOS DIAS

 

28 DE MARÇO | TERÇA

17h30 – CURTAS – MOSTRA VERTENTES 

 

ARRIMO

Documentário, Cor, DCP, 16min, SP, 2023

 

Direção, Roteiro e Montagem: Rogério Borges

Empresa Produtora: Kino-Olho

 

Sasá é um pedreiro gago que sonha em ser ator de cinema no interior de São Paulo. Sobrecarregado com o sustento da família, a reforma de sua casa e o envio de ajuda a parentes do interior de Minas e Baixada Fluminense, ele não percebe que sua vida já é o filme, num híbrido entre documentário e ficção.

 

ATRAVÉS DA CIDADE INVISÍVEL

Documentário, Cor, DCP, 20min, SP, 2022

 

Direção e Montagem: Paulo Grangeiro 

Empresa Produtora: Orí Imagem e Som Produção Cinematográfica

 

Conduzido a partir de fragmentos de memória do cineasta Carlos Reichenbach, o filme é um documentário de curta-metragem que provoca uma breve análise reflexiva sobre o papel de formação cultural das salas de cinema e sobre o modelo de cidade que se pretende, os espaços públicos e a  possibilidade de ocupação das ruas da cidade pelas pessoas.

 

ONDE A GENTE SE ENCONTRA 

Documentário, Cor, DCP, 15min, SP, 2022

 

Direção: Talita Virginia

Curta documentário cuja narrativa em primeira pessoa explora a radicalização ideológica no Brasil, retratada através da conturbada relação entre um pai conservador, religioso, de direita, e sua filha, a diretora. O filme investiga como teorias da conspiração, discurso religioso e os algoritmos das redes sociais se inter-relacionam, a fim de moldar o debate público em um país refém de uma polarização política cada vez mais profunda.

 

O QUE NOS ESPERA 

Documentário, Cor, Digital, 20min, SP, 2023

 

Direção,Roteiro e Produção Executiva: Bruno Xavier e Chico Bahia

Empresa Produtora: Máquina do Mundo Filmes

 

Júlio Lancellotti é um padre que dedicou a vida ao trabalho social da Igreja e se tornou uma das maiores lideranças na luta pelos direitos humanos no Brasil. Mas aos 72 anos de idade precisa intensificar sua rotina para enfrentar a crise humanitária que tomou conta da cidade de São Paulo. O que já havia piorado com a chegada de Bolsonaro ao poder torna-se insuportável com a gestão descontrolada da pandemia. Júlio se vê, então, mergulhado em demandas inesgotáveis de uma população de rua que só cresce.

 

 * Após a sessão, bate-papo com a presença da equipe e mediação da curadora Mariana Queen Nwabasili

Classificação indicativa: 14 anos

 

19h30 – DEBATE – CINEMA DA VELA + LANÇAMENTO DE LIVRO 

Tema: CINEMA MUTIRÃO: LABORATÓRIOS E CINEMA DE GRUPO DE SÃO PAULO

 

A tradição do cinema paulista se fez segundo o modelo industrial em uma coletividade hiper setorizada e hierárquica no qual o modelo de autoria é centrado na figura do diretor no set. Já há alguns anos esse modelo de trabalho se flexibilizou ou mesmo encontrou alternativas em processos de criação alternativos à norma. O que os processos de criação coletiva de outras artes (teatro, música e artes visuais) e modos de vida elaboram como narrativa e forma nos filmes do cinema contemporâneo?

 

Convidados:

- Filipe dos Santos Barrocas – cineasta | SP

- Helena Ignez – atriz de diretora | SP

- Leonel Costa – cineasta | SP

 

Medição: João Paulo Campos – crítico de cinema | SP

Lançamento de livro

 

Livro: Mostra Aurora - 2008 -2023

Edição e distribuição: Universo Produção 

 

Publicação que reúne informações sobre a trajetória de 16 edições da Mostra Aurora - recorte da programação das edições anuais da  Mostra de Cinema de Tiradentes que se tornou referência de aposta em diretores estreantes que passaram a ter espaço na cena audiovisual brasileira e no circuito de festivais internacionais. Filmes que se destacam pelo seu tempo, fortes na relação com seu tempo, pelo que mostram, por como mostram.. A Mostra Aurora apresenta anualmente o cinema de vanguarda que mudou, revelou, transformou a cara do cinema brasileiro contemporâneo – uma inovação na programação da Mostra de Cinema de Tiradentes, um percurso instigante de descobertas e talentos.


20h30 – LONGA – MOSTRA AURORA 

 

PEIXE ABISSAL

Experimental, Cor, DCP, 110min, RJ, 2022

 

Direção: Rafael Saar

Empresa Produtora: Dilúvio Produções 

Empresa Distribuidora: Descoloniza Filmes 

Elenco: Luís Capucho, Maurício Lima, Mery Ellen Alentejo, Pedro Paz, Teuda Bara

 

Um filme a partir do universo poético do escritor e compositor Luís Capucho. Nos anos 90, Capucho descobriu-se soropositivo e com sequelas físicas que se tornaram fonte de sua reinvenção artística. Entre literatura, música e pintura, sua obra, lírica e selvagem, atravessa os personagens de sua autobiografia ficcional do submundo gay e cinemas pornôs do Rio de Janeiro.

 

 * Após a sessão, bate-papo com a presença da equipe e mediação do curador Francis Vogner dos Reis

 

Classificação indicativa: 18 anos


29 DE MARÇO | QUARTA

 

10h30- FÓRUM TIRADENTES - no CENTRO DE PESQUISA E FORMAÇÃO DO SESC (ENTRADA GRATUITA)

 

18h – LONGA – MOSTRA VERTENTES

 

ALEGORIAS

Ficção, Cor, DCP, 112min, SP, 2022

 

Direção: Leonel Costa

Empresa Produtora: Quieta Coisa 

Coprodução: Will Cênicas e Prompt Filmes

Elenco: Thamiris Mandú, Francisca Paz, Pedro Henrique Moutinho, Almir Rosa, Luzia Rosa, Barbara Borgga, Maíra Chasseraux, Keila Taschini , Fernando Alabê, Will Feitosa 

 

Francisca e Tamiris são duas mulheres negras empregadas domésticas que trabalham para Reinaldo Plirtz, ganancioso milionário paulistano que tem como uma de suas metas acabar com o carnaval no país. Um encontro fará Tamiris questionar sua condição de pertencer à terceira geração de trabalhadoras domésticas na mesma família enquanto a pesquisa de Francisca estimula ainda mais seu desejo de mudar de profissão e estilo de vida. Encontros e desencontros nesta alegoria sobre um país que expõe cotidianamente suas brutais contradições.

 

* Após a sessão, bate-papo com a presença da equipe e mediação da curadora Mariana Nwabasili

 

Classificação indicativa: 14 anos

 

20h30 – CURTA E LONGA – SESSÃO DE ENCERRAMENTO

 

NOSSA MÃE ERA ATRIZ

Documentário, Cor, DCP, 26min, MG, 2022

 

Direção: André Novais Oliveira, Renato Novaes

Empresa Produtora: Filmes de Plástico 

 

Maria José Novais Oliveira, uma senhora negra, moradora da periferia de Contagem (MG), já nos seus 60 anos se tornou atriz de cinema, com uma carreira premiada no Brasil e internacionalmente. Este documentário rememora a imagem de uma mulher ímpar, que marcou o cinema brasileiro dos anos 2010.

 

 * Eleito melhor curta pelo Júri Popular da 26ª Mostra de Cinema de Tiradentes

 

A FILHA DO PALHAÇO

Ficção, Cor, Digital, 99min, CE, 2022

 

Direção: Pedro Diogenes

Empresa Produtora: Marrevolto Filmes 

Empresa Distribuidora: Embaúba Filmes

Elenco: Lis Sutter, Demick Lopes, Jesuíta Barbosa, Jupyra Carvalho, Ana Luiza Rios, Valéria Vitoriano, Patrícia Dawson, Luiza Nobel, David Santos, Rafael Martins, Mateus Honori, Vic Servente, Jenniffer Joingley, Pipa, Patricia Nassi

Joana, uma adolescente de 14 anos, aparece para passar uma semana com o pai, Renato, um humorista que apresenta seus shows em churrascarias, bares e casas noturnas de Fortaleza interpretando a personagem Silvanelly. Apesar de mal se conhecerem, pai e filha terão que conviver durante essa semana. Eles vão viver novas experiências, experimentar novos sentimentos e esse tempo juntos vai transformar profundamente a vida dos dois.

* Eleito melhor longa pelo Júri Popular da 26ª Mostra de Cinema de Tiradentes

* Após a sessão, bate-papo com a presença da equipe e mediação do curador Francis Vogner dos Reis

Classificação indicativa: 10 anos


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalaurora.com.br/.
Jornal Aurora Publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp