11/07/2019 às 13h46min - Atualizada em 11/07/2019 às 13h46min

Motoristas de vans protestam contra novo modelo de transporte público de Campos

A partir deste sábado (13), as vans irão parar de circular na cidade

Redação
Luan Honorato
Motoristas e cobradores de vans realizaram um ato público na manhã desta quinta-feira (11), em protesto contra o regulamento do novo sistema de transporte alimentador de Campos. Os manifestantes já denunciaram a existência de irregularidades no processo de licitação ao Ministério Público (MP).

A classe concentrou o ato no Cais da Lapa, no Centro, e seguiram em direção ao Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT), passando pela sede da Prefeitura. Os motoristas inabilitados reclamam de alguns critérios da licitação.

A partir deste sábado (13), as vans do Setamp (Sistema De Transporte Alternativo Municipal De Passageiros) irão parar de circular no município. Segundo a Prefeitura, a frota de ônibus será reforçada para o transporte da população durante os dias de transição, tempo que os licitantes assinarão contrato, apresentarão os veículos e iniciarão no sistema alimentador.

O processo de licitação foi iniciado no final de abril e os 272 habilitados já atendem ao número de permissões previstas no edital, 235, e parte do cadastro reserva de 30%. 

A redação do Jornal Aurora entrou em contato com a Prefeitura pedindo um posicionamento, e em nota foi informado:

"A elaboração do novo sistema de transporte teve início a partir das demandas da população para que o passageiro tenha melhor atendimento nos serviços. Desde julho de 2018, foram 10 audiências públicas, apresentações na Câmara de Vereadores, lançamento de edital para a licitação do transporte alimentador e o processo licitatório em si. Assim, as linhas distritais foram escolhidas por sorteio como critério de desempate na última  segunda-feira (8). Ao todo, participaram da licitação 351 pessoas e foram consideradas habilitadas 272. Segundo o Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT), todos os documentos foram analisados.

Além da habilitação, critérios como certidão negativa criminal, ser proprietário ou ter a cessão do veículo para operar no sistema e ter Seguro de Acidente de Passageiros, entre outros, além do respeito aos prazos, constam no edital e estão sendo avaliados. As 235 linhas estipuladas no edital tiveram seus motoristas sorteados na segunda (08) e 37 formam o cadastro reserva, conforme também previsto no edital. Todo o processo ocorreu de forma transparente e foi amplamente divulgado, não somente no site oficial da Prefeitura, como nos demais veículos de comunicação da cidade.Vale ressaltar que, as vans não vão deixar de circular. O novo sistema de transporte coloca ônibus e vans trabalhando em conjunto, e não mais como rivais. As vans e micro-ônibus farão o transporte de passageiros nas áreas distritais, enquanto os ônibus farão as linhas dos bairros centrais."

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp