18/02/2022 às 15h28min - Atualizada em 18/02/2022 às 15h28min

"Ladrão de aluguel" é contratado por moradora de Campos para roubar e assassinar o próprio marido

- Redação
Nesta quinta-feira (17), a Polícia Civil prendeu uma mulher, de 48 anos, identificada como Elaine, suspeita de planejar e participar de um assalto ao próprio marido, em Campos. O roubo aconteceu em janeiro, dia 6, na casa onde o casal mora com os filhos, no Centro da cidade. 

As investigações e a suspeita do envolvimento da mulher no crime, começaram no dia seguinte ao assalto, quando ela e o marido, um idoso de 72 anos, foram à delegacia registrar boletim de ocorrência e a mulher apresentando comportamento que chamou a atenção dos policias.

De acordo com o registro de ocorrência, um assaltante invadiu a residência do casal durante a noite e permaneceu até ás 10 horas da manhã do dia seguinte. O assaltante exigiu que o idoso abrisse o cofre, ao notar que estava vazio, a própria mulher sugeriu que o companheiro assinasse cheques para o criminoso. Além dos cheques, o assaltante levou cartão da vítima com senha e gastou cerca de R$ 353 reais em um supermercado e em um posto de gasolina, já os cheques entregues pela vítima, o assaltante não conseguiu descontá-los no banco.    

Segundo a delegada Nathália Patrão da 134º DP, onde o caso foi registrado, ao prestar depoimento, a esposa não deixou que o marido falasse desacompanhado com os policiais, as falas dos dois eram bem diferentes sobre os fatos narrados. Durante as investigações, a Polícia Civil descobriu que o criminoso era de Lagoa de Cima e ainda que, havia registros com mais de 50 ligações da esposa para o assaltante. Após prender o assaltante a polícia desvendou toda a dinâmica do crime, onde a mulher buscou o assaltante em Lagoa de Cima, ficando no porta-malas do carro dela, até anoitecer e ele poder entrar na residência do casal.

De acordo com o assaltante, durante seu depoimento na delegacia, foi dito por ele que a mulher pediu que matasse o marido durante o assalto e ele negou a fazer.

O assalto foi planejado pela mulher, já que o marido havia vendido uma propriedade de um milhão e meio de reais, acreditando ela, que o dinheiro estivesse no cofre.

A mulher já possui passagens pela polícia por porte ilegal de arma e furto de energia elétrica. Os dois vão responder por roubo e porte de arma branca.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalaurora.com.br/.
Jornal Aurora Publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp