24/11/2021 às 18h39min - Atualizada em 24/11/2021 às 18h39min

Atualização: Prefeito de Campos e secretários visitam Porto do Açu e apresentam projetos estruturantes

- Redação
O prefeito Wladimir Garotinho participou, nesta quarta-feira (24), de uma visita institucional ao Porto do Açu, em São João da Barra, único complexo portuário privado do Brasil e, em termos de movimentação de carga, o segundo principal, ficando atrás apenas do Porto de Santos, em São Paulo. Acompanhado de diversos secretários municipais, Wladimir visitou dois dos 10 terminais operacionais do complexo portuário.
 
Wladimir apresentou projetos da Prefeitura ao CEO do Porto do Açu Operações, José Firmo; ao diretor de Administração Portuária, Vinícius Patel; e ao gerente de Relações Institucionais, Caio Cunha; em busca de novas parcerias. Entre os projetos, o da criação de um Centro de Queimados no Hospital Ferreira Machado (HFM), para o qual a empresa já vem prestando apoio, e da Rota Litorânea, que prevê melhorias para a estrutura rodoviária da região.
 
“Vim com meus secretários para apresentar as oportunidades e alternativas que Campos possui para aproveitar o crescimento do Porto do Açu e também para que possam nos auxiliar em projetos que minimizem os transtornos causados pelo tráfego intenso de carretas que passam diariamente pela nossa cidade. Amanhã (quarta, 25), já temos uma inauguração, no Ferreira Machado, de uma escada, uma rampa de socorro do Centro Cirúrgico, que nos foi doada pelo Porto do Açu, e estamos desenvolvendo outras parcerias para que a Prefeitura possa estar integrada a esse empreendimento e ajudando na melhoria da qualidade de vida do nosso povo”, contou Wladimir. 
 
Os diretores do Porto do Açu Operações elogiaram e destacam a importância de parcerias. “A presença do prefeito nos traz muito orgulho, pois é muito importante manter um diálogo aberto e um alinhamento transparente do que estamos planejando para o futuro, de forma que a gente promova o máximo de ganho possível para a região. Esse diálogo permanente é fundamental para alinhar parcerias que gerem valor para a população. Grande parte do nosso efetivo, de nossa mão de obra, é do município e a gente tem uma relação umbilical com Campos. O Porto acabou de contribuir com uma obra de infraestrutura, construindo a escada de acesso e saída de emergência no Ferreira Machado, que é o hospital de referência da região, e a gente entende que este tipo de parceria, que decorre desse diálogo, é o tipo de objeto que gera esse valor compartilhado e que agrega valor para todo o território. Então são essas demandas que aparecem no território que fazem todo o sentido para a gente apoiar e estabelecer parcerias”, declarou o gerente de Relações Institucionais. 
 
Wladimir encaminhou à direção novo projeto para o HFM. “O prefeito nos trouxe o projeto de um centro de queimados e, como temos uma projeção de crescimento constante do Porto do Açu e de uso do HFM como hospital-referência, inclusive para possíveis acidentes em nosso complexo, é bastante natural receber esse tipo de demanda e vamos estudar com muito carinho a iniciativa. Acabamos de receber o projeto, mas vamos analisar e estudar, em parceria com a prefeitura, de que forma poderemos contribuir”, concluiu Cunha. 
 
Rota Litorânea – Prefeito e diretores debateram sobre acessos e trajetos que possam reduzir o tráfego de veículos pesados do Porto do Açu dentro da cidade de Campos. Wladimir apresentou o projeto, que já teve o aval para investimento pelo Governo do Estado, de  construção da Rota Litorânea, uma estrada que ligaria, pelo litoral, Campos, por Farol, ao Açu, em São João da Barra, e, pela Ponte da Integração,  a São Francisco de Itabapoana. O objetivo é uma rota principalmente turística, mas que ajudar a reduzir o tráfego de carros de passeio em estradas utilizadas para transporte de cargas do Porto do Açu.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp