21/11/2021 às 09h29min - Atualizada em 21/11/2021 às 09h29min

Campos: Seminário Interno da Secretaria de Desenvolvimento apresenta resultados positivos

- Redação
A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo realizou, nesta sexta-feira (19), o II Seminário Interno do ano, reunindo as Subsecretarias de Turismo; de Desenvolvimento, Concessões e Parcerias Público Privadas (PPPs); Qualificação e Emprego; além do Fundo de Desenvolvimento do Município de Campos (Fundecam) e a Secretaria de Petróleo, Energia e Inovação. Temas como empreendedorismo, economia solidária, emissão de alvará, turismo, parcerias, injeção de recursos no município, chegada de novos empreendimentos, entre outros que vêm impactando de forma positiva a economia do município. O prefeito Wladimir Garotinho também prestigiou o evento, que reuniu setores estruturantes que estão contribuindo para o Plano de Retomada Econômica do município. 
 
Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Mérida, Campos vive um período de retomada econômica. “Estamos liderando na região na abertura de novas empresas e estamos em 6º lugar no Estado do Rio, de acordo com a Jucerja (Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro), além de termos superado 2020 em novos MEIs. Também temos tido resultados muito positivos em relação à geração de empregos, segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados). A nossa capacidade de reagir diante desta realidade adversa está tendo resposta rápida, que é esse resultado da economia, o que nos mostra que estamos no caminho certo. Se compararmos com o ano de 2020, estamos tendo saldos muito positivos”, explica o secretário, que ressaltou também a chegada de novos empreendimentos este ano. 
 
O subsecretário de Desenvolvimento, Concessões e PPPs, Felipe Knust, destacou o número de atendimentos e os serviços oferecidos, como a emissão de alvarás, que passou por um processo de desburocratização, além de ressaltar a importância do documento para o funcionamento de empresas, possibilitando a geração de emprego e renda. Knust ressaltou ainda que são cerca de 300 atendimentos, por dia, nos vários serviços oferecidos pela secretaria.  
 
Durante participação no seminário, o prefeito Wladimir Garotinho falou sobre as dificuldades enfrentadas durante o primeiro ano de gestão e os resultados alcançados no final do primeiro ano de governo. “A gente percebe na rua que vamos ter um final de ano melhor, com dinheiro circulando na cidade. Com o pagamento do mês, mais 50% do décimo terceiro e o auxílio tecnológico, estaremos injetando na economia cerca de R$ 130 milhões. Só tenho a agradecer, mesmo com todas as dificuldades. Tenho certeza de que os próximos anos serão melhores. A economia está reagindo, a cidade está voltando a crescer e os investidores estão voltando a acreditar em Campos. A cidade está voltando a ter credibilidade”, disse o prefeito.
 
No seminário, além do balanço das atividades da secretaria em 2021, também foram apresentados alguns projetos para 2022.  Felipe Knust, destacou que, diariamente, cerca de 300 pessoas são atendidas pelos vários serviços oferecidos pela secretaria, que concentrou em um mesmo espaço vários setores e órgãos voltados para o fomento à economia. Knust falou, ainda, sobre as garantias de um Microempreendedor Individual (MEI) e que o número de novos MEIs deste ano já superou o do ano passado. “Em 2020, foram 4 mil, número atingido de janeiro a agosto deste ano”, explica, lembrando que Campos possui cerca de 32 mil MEIs. 
 
Outro importante instrumento de fomento à economia foi a desburocratização para abertura de novas empresas, área que Campos vem liderando, através de dispositivos implementados como a  integração entre o Regin, Jucerja e Receita Federal. O novo sistema vem tornando mais célere e efetiva a emissão de alvarás, o que contribui para a geração de emprego e renda no município.
 
No Fundecam, que possui quatro linhas de crédito, sendo a mais trabalhada a do Empreendedor, além dos projetos de Inovação. Este ano, já foram liberados 238 contratos de microempreendedores e 42 em fase de liberação. “Colocamos no mercado este ano R$ 1.428.000 e, com os 42 novos contratos em fase de liberação de recursos”, disse o presidente, Orlando Portugal, ressaltando todo trabalho que também vem sendo feito para recuperar recursos, através de processos judiciais e outros instrumentos.  
 
O secretário de Petróleo, Energia e Inovação, Marcelo Neves, junto com seus diretores de Inovação, Niander Cerqueira; de Petróleo, Diogo Manhães; e de Energia João Batista, falaram sobre as frentes de atuação da secretaria em diferentes áreas, sobre as parcerias que vêm sendo firmadas com as instituições acadêmicas e setor produtivo, além da participação da secretaria na CPI dos Royalties da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) e em outras iniciativas para melhorar a receita do município, como o pleito da modernização dos campos maduros através da implementação de novas tecnologias, além da eficientização da energia.  Marcelo e Niander informaram sobre o seminário voltado para a inovação e o empreendedorismo, que será realizado no próximo dia 09, às 18h, em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), no auditório da universidade Estácio de Sá. 
 
O diretor de Projetos, Vitor Lebron, falou sobre os projetos que vêm sendo desenvolvidos este ano, como os de identidade visual, e das novas propostas, como o Morar com Saúde e o Campos Solidário. O seminário interno da secretaria será concluído na próxima quinta-feira (25), às 9h, no auditório da secretaria, com a apresentação da Subsecretaria de Qualificação e Emprego.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp