13/10/2021 às 10h56min - Atualizada em 13/10/2021 às 10h56min

Governador Cláudio Castro pode flexibilizar o uso de máscaras contra a covid-19 no Rio

Jornal Aurora - Redação
Divulgação
O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, afirmou, nesta terça-feira (12), durante a cerimônia de comemoração aos 90 anos do Cristo Redentor, que pode flexibilizar o uso de máscara de proteção contra a covid-19, através de um novo projeto de lei para mudar a legislação estadual atual. O Comitê Científico tinha estipulado para a próxima sexta-feira (15) a liberação do uso de máscaras em locais abertos no Rio, caso 65% da população do estado esteja completamente vacinada. 

"A máscara hoje é uma questão de lei estadual. A lei estadual não fala em flexibilização. Vai ter que passar um novo projeto pela Assembleia Legislativa falando da flexibilização. Essa semana eu já vou conversar com o presidente André Ceciliano para a gente deixar a cargo da Secretaria Estadual de Saúde ter essa possibilidade de flexibilização. Nas próximas duas semanas, a gente já vai tá falando desse processo de flexibilização. Não será de uma vez só, mas com certeza a vacina já está com mais de 60%. Atingindo isso, com certeza a tendência é que se libere o uso de máscara, mas vai ter que ser feito por lei estadual".
Segundo dados do Painel Covid-19 do Estado do Rio, ao todo, são 20,3 milhões de pessoas vacinadas em todo o estado, sendo que 12,2 milhões estão apenas com a 1ª dose, 7,3 milhões com as duas doses e 354 mil pessoas com a dose única, ou seja, com o esquema vacinal completo.

"Com o processo de vacinação avançando e terminando, se Deus quiser, a gente conseguindo vacinar 100% da população, que a vida vá voltando ao normal, as pessoas vão voltando ao trabalho presencial, vão voltando poder se abraçar. Daqui a pouco, segundo os Comitês de Saúde, a gente já vai tirar a máscara. Então, é fazer o que nós sonhamos hoje, que é a retomada total da vida", disse Castro.

O governador ainda parabenizou o Prefeito do Rio, Eduardo Paes, pela realização dos eventos-teste neste feriadão e disse que acredita no acontecimento das festas de fim de ano. "Acredito que vai ter Réveillon, que vai ter Carnaval, ainda tem outros eventos vindo vindo para cá, Stock Car, vai ter Rock in Rio. Depende só da pandemia. Do jeito que está se traçando, a tendência é que tenha tudo".


SIGA-NOS NO INSTAGRAM: @redeauroraplay
 
 
Fonte: O Dia




Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp