25/08/2021 às 16h12min - Atualizada em 25/08/2021 às 16h12min

Leilão do estádio Goytacaz e falta de aparelhos de hemodiálise, foram pautas no programa “Nos Bastidores da Política”; com Edmar Ptak

Jornal Aurora - Redação
Edmara Andrade
Jornal Aurora
Na noite dessa terça-feira (24), durante a transmissão do programa “Nos Bastidores da Política”, o apresentador, Edmar Ptak, comentou sobre o leilão do Estádio Ary de Oliveira e Souza, apelidado de "Aryzão", que atualmente é sede do Goytacaz Futebol Clube. Também falou sobre a falta de aparelhos de hemodiálise para população campista. O espaço contou com a participação do jornalista, Saulo Maciel. Outros assuntos relevantes também foram abordados no programa.
 
No primeiro bloco, o apresentador levantou a pauta a respeito do leilão do Estádio do Goytacaz. Segundo a justiça do trabalho, foi determinado que o estádio fosse penhorado e levado a leilão. O despacho foi publicado no último dia (14). O “Aryzão” soma 152 processos trabalhistas. O apresentador Edmar, comentou a respeito do tema: “Faltou ao clube Goytacaz, alguém para acrescentar, porque quem passou por lá, foi só para retirar”, disse Ptak.
 
O apresentador também abordou a questão sobre o ato do prefeito Wladimir, que reconheceu o estádio como patrimônio histórico, ou seja, ninguém pode tocar na arquitetura do clube. Ele comentou: “Ali dentro pode se fazer o que quiser, só não pode mexer na estrutura, porque é tombado. Não sei nem se vai dá para pagar as dívidas trabalhistas. Porque é um valor muito alto, então não dá para pagar! Mas, em torno do estádio, tem lojas alugadas, então podem ser exploradas por quem comprar. Lá dentro pode continuar com futebol, pode ser uma casa de eventos, uma grande casa de shows e festas”.
 
Edmar Ptak finalizou sobre o assunto: “Mas, não pagar dívidas trabalhistas é uma bola de neve, um dia a conta chega. Se não pagar, penhora-se os bens, e o bem que o Clube tem é a sede. Então tem que pagar”, concluiu o apresentador. 
 
O clube Goytacaz Futebol Clube, pronunciou-se em suas redes sociais.

EM NOTA OFICAL
 
Prezados torcedores, mediante as notícias divulgadas hoje a respeito da penhora e do leilão do estádio Ary de Oliveira e Souza, o Goytacaz Futebol Clube vem por meio desta nota se pronunciar.
Informamos que o Goytacaz não foi citado em nenhum leilão e que já estamos entrando com recurso no Tribunal do Rio de Janeiro com a anulação da penhora.
Além disto, usaremos como base a Lei 14.112/2020 para quitar todos os débitos do clube.

 
Já no segundo bloco da bancada, Edmar falou a respeito da insatisfação da população com a saúde, na cidade de Campos. Ptak abordou um tema muito importante para usuários e dependentes de aparelhos de hemodiálise. Ele disse que não é culpa do prefeito, mas que Wladimir pode intervir. Até o governo do estado, ou o governo federal.
 
“As pessoas estão indo fazer hemodiálise em Itaperuna, passam o dia inteiro de sofrimento para fazer hemodiálise. O Secretário de Saúde Adelsir Barreto, não atende o presidente da Associação Amigos do Rim (AAR). Os empresários deveriam se unir para comprar os aparelhos, vamos convocar todos para ajudar! Se os empresários se unirem, eu me proponho a doar para a Prefeitura de Campos, R$ 10 mil, para dá qualidade de vida aos usuários e dependentes". O apresentador também questionou, o porquê a Prefeitura, não investe na compra de aparelhos.
 
Nossa equipe de jornalismo, encaminhou um pedido de nota para Prefeitura de Campos, pela manhã, a respeito dos aparelhos de hemodiálise para população campista. 

SEGUE A NOTA DA PREFEITURA

 
A Terapia Renal Substitutiva (TRS) é um serviço utilizado para pacientes nos quais a função renal esteja reduzida a ponto de impedir a manutenção adequada da homeostase (organismo em equilíbrio), considerado de alta complexidade, o serviço é de responsabilidade do governo do Estadual e Federal, e financiado através do Fundo de Ações Estratégicas e Compensações (FAEC). A unidade executora desse serviço deverá ser habilitada pelo Ministério da Saúde para que esteja apta para recebimento de recurso para o seu financiamento. A regulação deste serviço é integralmente gerenciada pelo Estado, assim como a implantação de novos pontos de assistência. Desta forma, a abertura de novas vagas vem sendo repetidamente cobrada ao Estado que tem buscado novas alternativas, que encontram-se em andamento. Porém a necessidade de retirada desses pacientes dos hospitais ou daqueles que encontram-se em seu domicílio, necessitando de um tratamento considerado essencial a vida, demandou a urgência da tomada de decisão, que, no momento, apresentou a disponibilidade de vagas no município de Itaperuna, onde o município de Campos prontamente acatou visando resguardar a vida daqueles que se encontram em atendimento.
 
 
O programa “Nos Bastidores da Política” - Sem medo de dizer a verdade - é transmitido pela Rede Aurora de Comunicação, toda terça-feira, a partir das 20h, pelas plataformas digitais ao vivo - FacebookInstagram e YouTube.
 

 
 
 
 
 
 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp