24/08/2021 às 17h40min - Atualizada em 24/08/2021 às 17h40min

Campos: Covid-19 mata Ricardo Prófio, que trabalhava há 60 anos na livraria Ao Livro Verde

Campos Informa- Rafael Khenaifes Abud
Depois de 15 dias internado no hospital Dr. Beda, morreu, no final da tarde desta terça-feira (24), o comerciário Ricardo Prófio, 74 anos, que há seis décadas trabalhava na Ao Livro Verde, a livraria mais antiga do Brasil. Assim que soube da morte, o dono da Ao Livro Verde, Ronaldo Sobral, determinou que as portas fossem fechadas e nesta terça o estabelecimento não funcionará na parte da tarde.
 
Ricardo contraiu Covid-19 durante o período de férias. Ronaldo definiu o funcionário como irmão. "Ele entrou na loja para trabalhar junto comigo. Tínhamos a mesma idade. Era o meu braço direito. Mais que um amigo, era um irmão", disse o empresário.
 
Ricardo contraiu Covid-19 durante o período de férias. Ronaldo definiu o funcionário como irmão. "Ele entrou na loja para trabalhar junto comigo. Tínhamos a mesma idade. Era o meu braço direito. Mais que um amigo, era um irmão", disse o empresário.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalaurora.com.br/.
Jornal Aurora Publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp