29/07/2021 às 13h25min - Atualizada em 29/07/2021 às 14h17min

Campos: saúde financeira do município

- Redação
Blog José Alves Neto
Divulgação
Saúde financeira atualizada da Prefeitura Municipal de Campos dos Goytacazes, a maior cidade do interior do estado do Rio - de janeiro a junho de 2021 - em valores expressos, ou seja, milhões. Também a dotação do Poder Legislativo que sofreu majoração, como se constata pelos dados numéricos.  

Os principais segmentos, que tiveram nestes seis meses de gestão cortes da dotação original (orçamento), aprovado na Lei Orçamentária Anual (LOA) pela Câmara, no ano passado, e como está na tabela, se transformaram em dotação atualizada por meio das sucessivas suplementações que são publicadas por Decreto do Executivo, no Diário Oficial do Município.

Segundo o economista José Alves, dentro dessa conjuntura, as funções que mais perderam orçamento no primeiro semestre do prefeito a frente do município foram a Comunicação e a Agricultura, respectivamente, 63,29% e 44,24%. Claramente para serem dirigidas a posteriores áreas com mais relevância. 

Ele ainda diz que, a agricultura, considerada a “esperança” da retomada do desenvolvimento econômico de Campos, se salvou. E, ainda importa salientar no ensejo, apenas a guisa de lembrança, o governo Rafael Diniz também relegou o aludido setor ao segundo plano. Aliás, a história está se repetindo no curto prazo. O que não é novidade para ninguém, finalizou o economista.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp