22/03/2019 às 13h26min - Atualizada em 22/03/2019 às 13h26min

Três alunos detidos após ameaças de ataques a escolas de Campos

Em menos de 24 horas, três alunos de Campos, sendo um jovem de 18 anos e dois adolescentes de 16 e 14, foram detidos pela polícia, por situações distintas que demonstram ameaças a escolas. Todas elas ocorreram na última quarta-feira (20). Ainda na quarta-feira, um dos menores foi apreendido dentro da sala de aula e autuado por ameaça, depois de postar, em rede social, a vontade de reproduzir a ação dos estudantes da Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, no Estado de São Paulo, na escola Municipal Professora Olga Linhares Correa, no Calabouço, em Guarus. Já na manhã de quinta, outro menor, aluno do Colégio Estadual Dr. Phillippe Uébe, no Parque São Matheus, foi apreendido depois de postar uma foto em que, na sala de aula, apontava um revólver, calibre 38, na direção de colegas e da professora. Já o jovem, aluno da Educação de Jovens e Adultos (EJA) no Ciep Nina Aroeira, na Penha, foi autuado no artigo 5º da Lei do Terrorismo, depois de comentários exaltando os atiradores de Suzano, além de conversa, em rede social, convidando outra pessoa para reproduzir, em Campos, o massacre de Combine, no Estados Unidos, em 1999, onde dois jovens mataram 13 pessoas e em seguida cometeram suicídio. Na casa dos três a polícia apreendeu armas, toucas ninjas e máscaras, além de livros que ensinam a fazer armamentos, entre outros objetos. 

O secretário de Educação, Cultura e Esporte, Brand Arenari, destacou o trabalho desenvolvido pelo município na promoção do fortalecimento de vínculos entre os alunos, dos alunos com profissionais das escolas e com toda a comunidade. Ele também lamentou o fato e destacou a necessidade de atenção especial ao aluno apreendido dentro das dependências da escola de Guarus. A Secretaria de Estado de Educação (Seeduc) esclareceu que foi seguido protocolo estabelecido em reunião com a presença do Ministério Público, Defensoria Pública, Conselho Tutelar, Polícia Civil e Polícia Militar, de atuação imediata em caso de violência nas escolas.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp