20/07/2021 às 13h09min - Atualizada em 20/07/2021 às 14h01min

Bolsonaro pede moeda a repórter para “provar” fraude nas urnas eletrônicas

SALA DA NOTÍCIA www.GazetaDaSemana.com.br
www.SalaDaNoticia.com.br

Em entrevista à rádio Itatiaia, de Minas Gerais, na manhã desta terça-feira (20), Jair Bolsonaro (Sem partido) pediu uma moeda à repórter Edilene Lopes para “provar” que Aécio Neves (PSDB) venceu Dilma Rousseff (PT) nas eleições de 2014.

“Quer ver uma coisa. Você tem uma moeda ai? Ah… Eu tenho uma moeda aqui”, diz à jornalista, tirando uma medalhada do bolso.

“Se eu jogar essa moeda 231 vezes. Vai dar cara, coroa, cara, coroa, cara, coroa… É possível acontecer isso?”, Indaga Bolsonaro à repórter.

“A fotografia minuto a minuto dos votos chegando ao TSE em 2014 dava Aécio, Dilma, Aécio, Dilma, Aécio, Dilma… E sempre com a Dilma um montante um pouco maior que Aécio. Isso é impossível de acontecer”, emendou.

Na sequência, o presidente anuncia que vai convocar um grupo de jornalistas na semana que vem para acompanhar a demonstração de um hacker que, segundo ele, provará a fraude no sistema de votação.

“Eu acredito que em uma hora a gente desmonta essa tese do ministro Barroso, do TSE, de que as urnas eletrônicas não são fraudáveis”.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp