10/03/2020 às 15h19min - Atualizada em 10/03/2020 às 15h19min

Agentes do CCZ reforçam ações de combate ao Aedes na Penha

Nesta quarta-feira (11), as ações vão acontecer também no bairro Vila Manhães e Bela Vista.

Supcom
Supcom
O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) continua com mutirões de combate ao Aedes aegypti, transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya no município. As ações tiveram início no último dia 18 de fevereiro e prosseguem até o próximo dia 31 de março. Serão visitados um total de 39 bairros e localidades.     

Nesta terça-feira (10), os agentes estiveram no bairro da Penha, visitando e vistoriando as residências e orientando moradores no combate ao mosquito. Nesta quarta-feira (11), as ações vão acontecer ainda na Penha, Vila Manhães e Bela Vista.                                                                                                                                 
"O resultado do primeiro Levantamento do Índice Rápido de Infestação do Mosquito Aedes Aegypti (LIRAa) de 2020 foi insatisfatório e o trabalho de conscientização do CCZ junto à população continua sendo essencial no combate aos focos, já que 80% destes foram encontrados em residências. Precisamos continuar com o apoio da população nesta luta, que tem que ser diária", destacou o coordenador do Programa de Controla d Dengue do CCZ, Claudemir Barcelos.

Em 2020, são 689 casos de chikungunya, 4 de dengue e nenhum de zika. Já em 2019, foram contabilizados no município 8.362 chikungunya; 14 dengue e nenhum zika.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp