20/03/2019 às 14h54min - Atualizada em 20/03/2019 às 14h54min

Moro pede Celeridade em aprovação de seu Projeto de Segurança Pública. “Rodrigo Maia desconversa”

Com o adiamento da tramitação do seu pacote de medidas de segurança pública, o ministro da Justiça, Sergio Moro, aproveitou o lançamento da Frente Parlamentar de Segurança, a chamada Bancada da Bala, para pedir celeridade ao seu projeto. “Vou conversar respeitosamente com o presidente da Casa (Rodrigo Maia, DEM-RJ)”, disse Moro. O ministro foi para o evento, realizado no Salão Negro do Congresso, direto da viagem aos Estados Unidos, onde acompanhou o presidente Jair Bolsonaro.
Maia adiou a tramitação do projeto enviado por Moro ao Congresso e disse que o pacote só deve entrar na pauta após a aprovação da Nova Previdência. Um grupo de cinco parlamentares foi criado para discutir a proposta até lá.

No caso de uma tramitação comum, o projeto de Moro seria encaminhado à Comissão de Segurança Pública para ser analisado por seus membros e depois seguiria para comissões relacionadas, como a de Constituição e Justiça até chegar ao Plenário. O grupo de trabalho criado por Maia prolonga em ao menos 90 dias os prazos da tramitação do projeto.

Moro disse que, em sua avaliação, seu pacote poderia tramitar em conjunto com a reforma da Previdência, sem prejuízos. Ele pediu que o Congresso dê atenção ao tema, que é um “assunto fundamental” e que foi amplamente debatido durante as eleições.

O ministro falou brevemente ainda sobre a viagem aos Estados Unidos. Disse que o Brasil conseguiu firmar acordos importantes, como o relativo à Base de Alcântara, no Maranhão. “Vai trazer recursos importantes para o Brasil”, afirmou.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp