02/09/2019 às 15h40min - Atualizada em 02/09/2019 às 15h40min

Polícia Rodoviária apreende 300 aves silvestres

As aves eram transportadas em péssimas condições dentro de um carro

PRF
Divulgação / PRF
Cerca de 300 aves silvestres sendo transportadas, sem a devida autorização, foram apreendidas, na manhã desta segunda-feira (02), pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). A irregularidade foi flagrada na Rodovia Rio-Teresópolis, em Magé, na Baixada Fluminense. Três homens foram presos por crime ambiental.

Policiais realizavam fiscalização na BR-116, quando abordaram um carro, que seguia sentido Rio de Janeiro, com três ocupantes.

Durante a abordagem, foram encontradas diversas gaiolas espalhadas pelos bancos e no porta-malas do veículo contendo aves da fauna silvestre brasileira de diversas espécies. Os animais estavam acondicionados de forma precária, vários em caixas de papelão, sem ventilação e amontoados em espaço bastante reduzido, sendo que alguns já se encontravam sem vida no momento da abordagem.

Segundo os ocupantes, as aves foram capturadas em Além Paraíba/MG e seriam comercializadas em Realengo, no Rio de Janeiro. Dentre as espécies identificadas, havia coleiros, trinca-ferro, corrupião, gralha-cancã, galo-de-campina, cigarra-verdadeira, canário-da-terra, tico-tico e pixoxó. Havia cerca de 300 aves.

Os três homens, de 30, 34 e 69 anos, foram presos e encaminhados para a 66ª DP (Piabetá).

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp