21/03/2023 às 17h18min - Atualizada em 22/03/2023 às 00h00min

Do Brasil para o mundo: DJ e produtor musical faz sucesso em Dubai

Há quase 4 anos vivendo no país, Eduardo Smith acumula no currículo apresentações ao lado de grandes nomes da música, como o DJ Alok, Coldplay e Black Eyed Peas

SALA DA NOTÍCIA Julyerme Darverson
Divulgação
Nascido em Ceilândia (DF), uma das maiores regiões periféricas do Brasil, o jovem talento Eduardo Smith está conquistando a famosa cidade de Dubai, no Emirados Árabes. O DJ e produtor brasileiro têm ganhado visibilidade com seu projeto musical em um dos destinos mundiais que mais chama atenção pelo luxo, arquitetura ultramoderna e a vida noturna agitada.

Atualmente com 36 anos, o brasiliense já acumula mais de 20 anos de profissão e apresentações no mesmo palco que grandes nomes da música, como o DJ Alok, Coldplay e Black Eyed Peas. Smith também representou o Brasil em eventos ligados à Copa do Mundo, no Catar, ao lado de Carol Garcia. Juntos, os artistas lançaram o hit “Brazilian Soul”, um bootleg, o que garantiu mais destaque para o produtor musical. O DJ ainda foi uma das atrações do after party da Fórmula 1, em Adu Dhabi, em novembro do ano passado.

História

Foi aos 14 anos de idade que Eduardo viu florescer o desejo pela música. De lá para cá, não parou mais. “Tudo começou quando ouvi em uma rádio muito famosa sobre o curso de DJ com vinil. Fiquei curioso sobre a profissão e decidi fazer. Gostei, me destaquei e já comecei a tocar. No início, me apresentava em bares, restaurantes e eventos pequenos”, relembra o artista.

Almejando voos ainda mais altos, o jovem decidiu, durante a pandemia, arriscar e foi atrás de novos desafios para alavancar a carreira musical. “Decidi mudar radicalmente e repensei sobre minhas metas para alcançar meu sonho. Foi aí que tracei novos objetivos, comecei a pesquisar sobre novos países e vi que Dubai foi um dos primeiros lugares a abrir a fronteira no fim da pandemia. Vendi um carro para me manter por cerca de 6 meses e vim em busca dessa realização”, explica.

Com quase 4 anos morando na luxuosa região do Oriente Médio, com os maiores arranha-céus do mundo. Hoje, o artista costuma tocar em lugares icônicos de Dubai, tornando-se residente em muitos deles, como Float Dubai, Blu Dubai, BABY Q Dubai e Lock Stock.

“Eu nunca imaginei tocar nesses lugares. Era algo totalmente distante da minha realidade, que parecia impossível, ainda mais tocar ao lado de grandes artistas internacionais. Hoje, me apresento pelo menos seis vezes ao mês nestes lugares e fico muito feliz com a repercussão”, comemora Eduardo.

Inspirado pelo show de Black Eyed Peas, Smith decidiu produzir um remix de uma das canções mais memoráveis do grupo: “PUMP”. O bootleg tem impulsionado a carreira do DJ no país. “Esse remix tem me aberto muitas portas por aqui. Tenho um público fiel e, hoje, sou o maior DJ brasileiro em Dubai”, ressalta o artista.

Eduardo Smith é mais um nome brasileiro que está conquistando o mundo. Para quem busca trilhar pela profissão de DJ, o produtor aconselha: “É muito importante que estude  inglês, pois fora do Brasil tudo é muito profissional. Desde a entrevista com o manager até uma conversa com o diretor musical é em inglês. O segundo passo é estudar muito as técnicas de produção musical. Aqui eles cobram muito essa parte e é importante para que se consiga uma oportunidade”.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalaurora.com.br/.
Jornal Aurora Publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp