09/07/2019 às 15h35min - Atualizada em 09/07/2019 às 15h35min

Preso em operação do MP, Secretário de Rio das Ostras é acusado de triplo homicídio

Paulo Fernando Carvalho Gomes, o “Carvalhão” e Rodrigo Gil, o “Rodrigo Aranha”, são investigados pelas mortes de 3 pessoas, ocorridas durante uma emboscada em Macaé, no ano de 2010

Redação
Reprodução
O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (GAECO/MPRJ), com o apoio da Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI/MPRJ) e em parceria com a Corregedoria-Geral da Polícia Militar, realiza nesta terça-feira (09), em Rio das Ostras, uma operação para o cumprimento de mandados de busca e apreensão em endereços ligados a Paulo Fernando Carvalho Gomes, o “Carvalhão”, secretário de Segurança Pública do município, e Rodrigo Gil, o “Rodrigo Aranha”. Ambos são acusados pelas mortes de três pessoas, ocorridas em 2010.

De acordo com a denúncia, os crimes teriam ocorrido no dia 16 de março de 2010, por volta das 14h30, na rodovia RJ-168, na altura da Fazenda Pau Ferro, em Macaé. Na ação, “Carvalhão” e “Rodrigo Aranha” efetuaram disparos de armas de fogo contra o carro onde se encontravam João Gomes Salles Filho, Sérgio José de Souza Borges Barbosa e Oscar de Oliveira Souza, que não resistiram aos ferimentos e morreram. Além das vítimas, Marlene Eliete dos Santos, que estava junto ao grupo, também foi alvo dos tiros mas, não veio a óbito por ter se protegido dos disparos abaixando no no veículo. 

Pelo fato de os crimes terem sido cometidos por meio cruel e mediante emboscada, já que o trajeto realizado pelas vítimas era conhecido pelos denunciados, que as aguardaram em local de pouca circulação e com facilidade para a fuga, o MPRJ denunciou “Carvalhão” e “Rodrigo Aranha” por homicídio triplamente qualificado, com pena prevista de reclusão de 12 a 30 anos para cada crime.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp