05/07/2019 às 12h04min - Atualizada em 05/07/2019 às 12h04min

Suspeito de matar ex-companheira a tiros em Travessão se entrega à Polícia

O crime foi motivado pelo fato de o autor não aceitar o término do relacionamento

Redação
Divulgação / Polícia Civil
O homem suspeito de matar a tiros a ex-companheira, Regiane da Silva Santos, dentro de uma academia, no distrito de Travessão, se apresentou na 143º Delegacia Legal de Itaperuna na madrugada desta sexta-feira (05). O crime aconteceu na noite de quarta-feira (03) e foi motivado pelo fato de o autor não aceitar o término do relacionamento.

A Justiça expediu na noite de quinta-feira (04) um mandado de prisão temporária contra o ex-companheiro da vítima. E segundo informações da Polícia Civil, Regiane havia medida protetiva de afastamento contra o autor do crime.

Imagens de câmeras de segurança de estabelecimentos próximos mostraram o momento em que Regiane fazia um circuito de corrida ao lado de fora da academia. E, assim que ela entra no estabelecimento um carro preto para em frente ao local.

A vítima chegou a apontar o ex-companheiro como o autor dos disparos antes de morrer.

"O crime teve grande repercussão na cidade, sobretudo pela banalidade da ação violenta, tendo sido amplamente divulgado pela imprensa local. Todas as circunstâncias do crime restaram esclarecidas em apenas 24 horas.", disse a Polícia Civil.

O homem será encaminhado para o Presídio Diomedes Vinhosa Muniz.


 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp