24/06/2019 às 08h36min - Atualizada em 24/06/2019 às 08h36min

Apresentador Luciano Huck fala sobre a recuperação do filho após um traumatismo craniano

Benício de 11 anos praticava wakeboard,em Ilha Grande

G1
Reprodução/Redes Sociais Luciano Huck


Luciano Huck falou com exclusividade ao Fantástico,na noite de ontem (23) sobre o acidente do filho Benício, de 11 anos, que teve um traumatismo após sofrer uma queda enquanto praticava wakeboard - atividade praticada com uma prancha que é puxada por uma lancha - em Ilha Grande, Angra dos Reis, Rio de Janeiro, no sábado (22).

O menino, filho de Huck e Angélica, está internado no hospital Copa Star e passou por uma neurocirurgia na madrugada deste domingo (23). De acordo com o boletim médico divulgado na tarde de ontem (23) , seu quadro de saúde é estável.

O apresentador disse que a recuperação de Benício precisa ser feita com calma, por causa da lesão na cabeça.

“Ele operou na madrugada de ontem para hoje e está bem. Ainda não tem previsão de alta médica. Também acho que não tem que ter pressa nisso. Acho que uma cirurgia neurológica na cabeça é uma cirurgia neurológica na cabeça. Você tem que fazer com calma, um passinho de cada vez. Por mais traumático que seja para os pais e para ele estar passando por isso, a gente tem que aprender nessas situações difíceis”, disse Huck.

Ele comentou ainda sobre as mensagens que recebeu e agradeceu o carinho de todos que entraram em contato.

“Queria aproveitar para agradecer para todo mundo que nos escreveu, as orações que a gente recebeu, carinho de todos os cantos. Mais uma vez muito obrigado, nossa família se sente muito confortada mesmo. Obrigado, só posso agradecer”.

A Marinha divulgou uma nota dizendo que Benício se desequilibrou e bateu com a cabeça na prancha no momento da queda. O apresentador contou que, ao chegar no hospital, foi informado que o menino precisaria passar por uma cirurgia.

“Ele caiu e a prancha bateu na cabeça dele. Ficou consciente o tempo todo, não perdeu a consciência. Mas tinha feito um afundamento relevante e a gente achou que tinha que vir para o hospital. A gente veio e não saiu. Porque foi uma fratura craniana, que o protocolo era cirúrgico”, explicou.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp