24/06/2024 às 14h19min - Atualizada em 24/06/2024 às 14h16min

Construção civil de São João da Barra destruiu mais de 360 empregos com a carteira assinada em abril de 2024

CAGED: saldo líquido do emprego da construção civil de abril de 2023 e 2024

José Alves de Azevedo Neto
Segundo os números da empregabilidade no mercado de trabalho da construção civil em abril de 2024 comparados a abril de 2023, publicados pelo CAGED, eles apresentam algumas peculiaridades devido ao saldo negativo. A contratação de mão de obra, por exemplo, nesse relevante segmento econômico, aumentou nos municípios de Campos e Macaé. Isso se constitui uma boa notícia dentro do atual contexto analisado.

Já em relação à economia de São João da Barra, observa-se, através do gráfico, uma significativa destruição de postos de trabalho. Da mesma forma, em Rio das Ostras, os números ficaram negativos, alinhados aos da economia de São João da Barra, porém em um quantitativo inferior. Isso quer dizer que, nesses dois últimos municípios, a construção civil sofreu, em abril de 2024 em relação a abril de 2023, uma profunda retração na geração de emprego e renda.

Portanto, a guisa de conclusão, a conjuntura da empregabilidade no mercado de trabalho da construção civil em São João da Barra, que demonstra desaceleração nas obras portuárias do Açu, e em Rio das Ostras, por conta da atividade de construção local, é preocupante do ponto de vista econômico e social.
Link
Leia Também »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jornalaurora.com.br/.
Jornal Aurora Publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp