06/12/2021 às 19h02min - Atualizada em 06/12/2021 às 18h59min

DEPRESSÃO NÃO É FRESCURA!

Olá amigos, mais uma vez quero abordar aqui um tema que é muito falado, mas que também é um assunto sempre atual, que é a depressão no autismo, com ênfase na fase adulta.
Um estudo divulgou que quase 20% dos jovens com Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) foram diagnosticados com depressão.
E estima-se que quase metade dos adultos com autismo terá um quadro depressão durante algum momento da vida.
 Isso ocorre, de acordo com os pesquisadores, devido a fatores biológicos, psicológicos e sociais.
Além do fato de o autismo e a depressão compartilharem vulnerabilidades genéticas comuns.
Sabe-se também que a depressão é mais comum em indivíduos com autismo que possuem mais inteligência.
Os pesquisadores acreditam que aquelas pessoas com autismo e com o quociente de inteligência (QI) acima da média sejam mais conscientes das dificuldades sociais associadas ao seu diagnóstico de autismo, o que aumenta a chance do surgimento da depressão.
Eu já estive num quadro de depressão muito difícil, mas graças a Deus, com a ajuda do esporte e de profissionais e amigos que nunca me abandonaram eu consegui vencer.
Mas se você perceber eu amigo, parente ou algum conhecido com algum comportamento atípico não deixe passar por desapercebido, procure ajudar, saber mais, pois a depressão não é brincadeira, e a evolução de um quadro depressivo para uma depressão aguda é muito rápido, e no caso de nós que estamos no espectro é muito mais complicado.
Depressão não é brincadeira e você pode ajudar.
 
Link
Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp