05/03/2020 às 13h07min - Atualizada em 05/03/2020 às 13h07min

Folhas dos servidores municipais de Campos e de Macaé já ultrapassaram o total de um bilhão de reais em 2018 e 2019

Fantasma da folha de pagamento dos municípios!

José Alves
O gráfico traz a folha bruta dos municípios de Campos, de Macaé, de Rio das Ostras e de São João da Barra, no período de 2019 comparado ao de 2018 em valores correntes absolutos.

O município de Campos, por exemplo, gastou com a sua folha de estatutários em 2018 o quantitativo financeiro de R$ 1,037 bilhões e no ano de 2019, ainda não informou ao Tribunal de Contas.

No que tange a Macaé, em 2019 os valores destinados à folha totalizaram 1,181 bilhão e em 2018 eles ficaram em R$ 1,057 bilhão. O aumento chegou ao percentual de 11,66%.

Em relação agora, a Rio das Ostras, em 2018 a folha custou R$ 300,646 milhões e a de 2019 não foi encaminhado ao TCE/RJ, por enquanto, a prestação de contas.

E, a de São João da Barra, ficou em 2019 em R$ 172,187 milhões e em 2018 em R$ R$ 153,140 milhões, crescendo no recorte de tempo analisado o percentual de 12,44%.

Isto posto, pode-se afirmar que, a despeito da prefeitura de Campos, por razões desconhecidas até o momento, ter deixado de prestar contas da execução orçamentária do ano de 2019, a folha de pessoal dos servidores públicos deverá ultrapassar a casa de um bilhão, assim como passou, a de Macaé.
Link
Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp